sicnot

Perfil

Desporto

Rui Jorge rejeita maior pressão dos sub-21 portugueses para o Euro2015

O selecionador português de futebol de sub-21, Rui Jorge, rejeitou esta quinta-feira qualquer tipo de pressão adicional para o Euro2015, admitindo que o desempenho na qualificação aumente as expetativas dos portugueses.

"Essa pressão vai sempre existir, quanto melhor for a carreira destes jogadores. A existir essa pressão, será externa e espero que não afete a equipa", disse o técnico nacional. (Arquivo)

"Essa pressão vai sempre existir, quanto melhor for a carreira destes jogadores. A existir essa pressão, será externa e espero que não afete a equipa", disse o técnico nacional. (Arquivo)

Lusa

"Essa pressão vai sempre existir, quanto melhor for a carreira destes jogadores. A existir essa pressão, será externa e espero que não afete a equipa", começou por dizer o técnico, na conferência de imprensa que serviu para divulgar os convocados para os particulares com Dinamarca e República Checa.

Apesar do percurso 100% vitorioso na fase de apuramento para a competição, que se disputa precisamente na República Checa, entre 17 e 30 de junho, Rui Jorge garantiu que o foco da equipa será apenas "vencer o adversário seguinte".

"Fizeram um trajeto brilhante na qualificação, mas o objetivo sempre foi o mesmo, que é vencer o adversário seguinte. O objetivo vai manter-se, sem nos preocuparmos muito com o que irá acontecer. O mais importante é estarmos focados no que temos de fazer", referiu.

Fora das opções para os dois particulares dos sub-21 ficaram, novamente, William Carvalho, João Mário e André Gomes, que foram chamados à seleção principal, mas Rui Jorge considerou que a presença do trio no Euro2015 mantém-se em aberto.

"Serão situações a ser abordadas depois. Pela questão da idade serão muito interessantes neste espaço, mas teremos muito tempo para abordar essa situação. Daqui a dois meses estará tudo decidido", salientou.

Portugal recebe a Dinamarca no dia 26 de março, na Marinha Grande, antes da visita a Praga, onde irá defrontar a República Checa, a 31 de março.



Lista dos 23 convocados

- Guarda-redes: Daniel Fernandes (VfL Osnabruck, Ale), José Sá (Marítimo) e Rui Silva (Nacional da Madeira).

- Defesas: Frederico Venâncio (Vitória de Setúbal), João Cancelo (Valência, Esp), Rafa (FC Porto), Paulo Oliveira (Sporting), Ricardo Esgaio (Académica), Tiago Ilori (Bordéus, Fra) e Tobias Figueiredo (Sporting).

- Médios: Tozé (Estoril-Praia), Bernardo Silva (Mónaco, Fra), Marcos Lopes (Lille, Fra), Rafa Silva (Sporting de Braga), Rúben Neves (FC Porto), Rúben Pinto (Paços de Ferreira) e Sérgio Oliveira (Paços de Ferreira).

- Avançados: Bruma (Galatasaray, Tur), Carlos Mané (Sporting), Gonçalo Paciência (FC Porto), Ivan Cavaleiro (Deportivo, Esp), Ricardo Pereira (FC Porto) e Ricardo Horta (Málaga, Esp).
Lusa