sicnot

Perfil

Desporto

Rui Jorge rejeita maior pressão dos sub-21 portugueses para o Euro2015

O selecionador português de futebol de sub-21, Rui Jorge, rejeitou esta quinta-feira qualquer tipo de pressão adicional para o Euro2015, admitindo que o desempenho na qualificação aumente as expetativas dos portugueses.

"Essa pressão vai sempre existir, quanto melhor for a carreira destes jogadores. A existir essa pressão, será externa e espero que não afete a equipa", disse o técnico nacional. (Arquivo)

"Essa pressão vai sempre existir, quanto melhor for a carreira destes jogadores. A existir essa pressão, será externa e espero que não afete a equipa", disse o técnico nacional. (Arquivo)

Lusa

"Essa pressão vai sempre existir, quanto melhor for a carreira destes jogadores. A existir essa pressão, será externa e espero que não afete a equipa", começou por dizer o técnico, na conferência de imprensa que serviu para divulgar os convocados para os particulares com Dinamarca e República Checa.

Apesar do percurso 100% vitorioso na fase de apuramento para a competição, que se disputa precisamente na República Checa, entre 17 e 30 de junho, Rui Jorge garantiu que o foco da equipa será apenas "vencer o adversário seguinte".

"Fizeram um trajeto brilhante na qualificação, mas o objetivo sempre foi o mesmo, que é vencer o adversário seguinte. O objetivo vai manter-se, sem nos preocuparmos muito com o que irá acontecer. O mais importante é estarmos focados no que temos de fazer", referiu.

Fora das opções para os dois particulares dos sub-21 ficaram, novamente, William Carvalho, João Mário e André Gomes, que foram chamados à seleção principal, mas Rui Jorge considerou que a presença do trio no Euro2015 mantém-se em aberto.

"Serão situações a ser abordadas depois. Pela questão da idade serão muito interessantes neste espaço, mas teremos muito tempo para abordar essa situação. Daqui a dois meses estará tudo decidido", salientou.

Portugal recebe a Dinamarca no dia 26 de março, na Marinha Grande, antes da visita a Praga, onde irá defrontar a República Checa, a 31 de março.



Lista dos 23 convocados

- Guarda-redes: Daniel Fernandes (VfL Osnabruck, Ale), José Sá (Marítimo) e Rui Silva (Nacional da Madeira).

- Defesas: Frederico Venâncio (Vitória de Setúbal), João Cancelo (Valência, Esp), Rafa (FC Porto), Paulo Oliveira (Sporting), Ricardo Esgaio (Académica), Tiago Ilori (Bordéus, Fra) e Tobias Figueiredo (Sporting).

- Médios: Tozé (Estoril-Praia), Bernardo Silva (Mónaco, Fra), Marcos Lopes (Lille, Fra), Rafa Silva (Sporting de Braga), Rúben Neves (FC Porto), Rúben Pinto (Paços de Ferreira) e Sérgio Oliveira (Paços de Ferreira).

- Avançados: Bruma (Galatasaray, Tur), Carlos Mané (Sporting), Gonçalo Paciência (FC Porto), Ivan Cavaleiro (Deportivo, Esp), Ricardo Pereira (FC Porto) e Ricardo Horta (Málaga, Esp).
Lusa
  • Traço contínuo às curvas
    2:42
  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Reservas de viagens na Páscoa e no verão aumentaram
    1:19

    Economia

    As reservas de viagens no período da Páscoa e do verão aumentaram este ano, tanto para o estrangeiro como para dentro de Portugal. O Algarve, a Madeira e os Açores continuam a ser os destinos de eleição. Os portugueses estão também a marcar férias com mais antecedência, uma das receitas para conseguir melhores preços.

  • Escada rolante inverte sentido e varre dezenas de pessoas
    1:15
  • Jovens impedidas de embarcar de leggings

    Mundo

    A moda das calças-elásticas-super-justas volta a fazer estragos. Desta vez nos EUA onde duas adolescentes foram impedidas de embarcar num voo da United Airlines devido à indumentária, que não cumpria com as regras dos tripulantes ou acompanhantes da companhia aérea norte-americana.

    Manuela Vicêncio

  • Cristas calcula défice de 3,7% sem "cortes cegos" das cativações
    0:45

    Economia

    Assunção Cristas diz que o défice de 2,1% só foi conseguido porque o Governo fez cortes cegos na despesa pública. Esta manhã, depois de visitar uma unidade de cuidados continuados em Sintra, a presidente do CDS-PP afirmou que, pelas contas do partido, sem cativações, o défice estaria nos 3,7%.

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.