sicnot

Perfil

Desporto

Figo concorda com realização do Mundial 2022 no inverno

Luís Figo, candidato à presidência da FIFA, mostrou-se esta sexta-feira de acordo com a decisão de disputar o Mundial Quatar2022 durante os meses de novembro e dezembro, aprovada quinta-feira pelo comité executivo da FIFA.

"Creio que o Qatar merece respeito e agora, que há uma decisão, espero que todos consigam organizar um grande Mundial", afirmou Luís Figo, em comunicado. (Arquivo)

"Creio que o Qatar merece respeito e agora, que há uma decisão, espero que todos consigam organizar um grande Mundial", afirmou Luís Figo, em comunicado. (Arquivo)

Matt Dunham / AP

"Creio que o Qatar merece respeito e agora, que há uma decisão, espero que todos consigam organizar um grande Mundial", afirmou Luís Figo, em comunicado.

O antigo futebolista considerou que, no futuro, a escolha do local e do calendário do Mundial "deve ser o mais consensual possível, ter em conta saúde de jogadores, árbitros e adeptos, e tomada depois de terem sido consultados todos os envolvidos".

O Comité Executivo da FIFA anunciou quinta-feira que o Mundial de futebol do Qatar vai ser disputado em novembro e dezembro de 2022, com a final marcada para 18 de dezembro.

Pela primeira vez, um Campeonato do Mundo de futebol não vai ser jogado no verão, devido às elevadas temperaturas naquela zona durante os meses de junho e julho, data habitual da competição.

Luís Figo, de 42 anos, é um dos quatro candidatos à presidência da FIFA, agendadas para 29 de maio, e às quais concorrem também o atual presidente, Joseph Blatter, o príncipe jordano Ali bin Al Hussein, e Michael van Praag.

Na quinta-feira, o antigo jogador português tinha lamentado a inexistência de um debate entre os quatro candidatos.

"Lamento que não haja um debate entre os candidatos. Continuarei a apresentar as minhas ideias pela reforma e transparência no futebol", referiu Figo, numa mensagem divulgada nas redes sociais.
Lusa
  • "PCP não é força de suporte do Governo"
    2:11

    País

    Ao segundo dia de congresso comunista, ouviu-se o aviso mais forte, até agora, ao PS. João Oliveira, líder parlamentar do partido, diz que o PCP não se diluiu e que não é suporte do Governo. Já Jerónimo de Sousa deixou elogios à excelente geração de jovens que estão na frente política do PCP.

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.