sicnot

Perfil

Desporto

Figo concorda com realização do Mundial 2022 no inverno

Luís Figo, candidato à presidência da FIFA, mostrou-se esta sexta-feira de acordo com a decisão de disputar o Mundial Quatar2022 durante os meses de novembro e dezembro, aprovada quinta-feira pelo comité executivo da FIFA.

"Creio que o Qatar merece respeito e agora, que há uma decisão, espero que todos consigam organizar um grande Mundial", afirmou Luís Figo, em comunicado. (Arquivo)

"Creio que o Qatar merece respeito e agora, que há uma decisão, espero que todos consigam organizar um grande Mundial", afirmou Luís Figo, em comunicado. (Arquivo)

Matt Dunham / AP

"Creio que o Qatar merece respeito e agora, que há uma decisão, espero que todos consigam organizar um grande Mundial", afirmou Luís Figo, em comunicado.

O antigo futebolista considerou que, no futuro, a escolha do local e do calendário do Mundial "deve ser o mais consensual possível, ter em conta saúde de jogadores, árbitros e adeptos, e tomada depois de terem sido consultados todos os envolvidos".

O Comité Executivo da FIFA anunciou quinta-feira que o Mundial de futebol do Qatar vai ser disputado em novembro e dezembro de 2022, com a final marcada para 18 de dezembro.

Pela primeira vez, um Campeonato do Mundo de futebol não vai ser jogado no verão, devido às elevadas temperaturas naquela zona durante os meses de junho e julho, data habitual da competição.

Luís Figo, de 42 anos, é um dos quatro candidatos à presidência da FIFA, agendadas para 29 de maio, e às quais concorrem também o atual presidente, Joseph Blatter, o príncipe jordano Ali bin Al Hussein, e Michael van Praag.

Na quinta-feira, o antigo jogador português tinha lamentado a inexistência de um debate entre os quatro candidatos.

"Lamento que não haja um debate entre os candidatos. Continuarei a apresentar as minhas ideias pela reforma e transparência no futebol", referiu Figo, numa mensagem divulgada nas redes sociais.
Lusa
  • Bruno de Carvalho suspenso por mais 90 dias

    Desporto

    O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, foi suspenso por 90 dias na sequência de declarações proferidas numa entrevista televisiva em março, anunciou esta terça-feira o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

  • Benfica critica castigo de Samaris e vai recorrer

    Desporto

    O Benfica reagiu esta terça-feira ao castigo de três jogos aplicado ao grego Andreas Samaris, considerando que a decisão, da qual vai recorrer, é prova de que o futebol português está "entregue à instabilidade, à incoerência e à insegurança".

  • "Álvaro" viveu seis anos de maus tratos num casamento de oito
    5:06
  • Governo disposto a ceder a algumas reivindicações dos enfermeiros
    1:58

    Economia

    Os enfermeiros ameaçam voltar à greve se o Governo não lhes der um subsídio no valor de 400 euros. Esta terça-feira o Governo esteve reunido com dois dos quatro sindicatos. O Ministério diz estar disposto a ceder a algumas reivindicações, mas o ministro da Saúde fez saber que o aumento de 400 euros é incomportável. 

  • Como fazer fotos e vídeos menos tremidos
    8:43
  • "As autárquicas deviam estar menos contaminadas pelo Orçamento"
    7:55
  • Viajar a 110 km/h agarrado ao para-brisas de um comboio

    Mundo

    Um homem de 23 anos foi detido por viajar preso a um comboio - mais concretamente ao limpa para-brisas -, que atinge velocidades perto dos 110 quilómetros por hora, numa viagem entre as estações de Leederville e Glendalough, na Austrália.

  • Rapper quer provar que a terra é plana

    Mundo

    O rapper B.o.B. lançou uma campanha na plataforma GoFundMe para enviar satélites que possam comprovar que a Terra é redonda e azul. No ano passado, o norte-americano defendeu nas redes sociais que o planeta é plano.