sicnot

Perfil

Desporto

Jardim satisfeito por não defrontar um "tubarão" na Liga dos Campeões

O treinador português Leonardo Jardim admitiu esta sexta-feira que ficou satisfeito por o Mónaco não ter de jogar com equipas "muito, muito difíceis" nos quartos de final da Liga dos Campeões de futebol, defrontando a apenas "muito difícil" Juventus.

O técnico do Mónaco lembrou que a Juventus é a atual líder destacada do campeonato italiano, mas lembrou que no início da época ninguém acreditaria que a equipa francesa atingiria uma fase tão avançada da principal competição europeia de clubes.

O técnico do Mónaco lembrou que a Juventus é a atual líder destacada do campeonato italiano, mas lembrou que no início da época ninguém acreditaria que a equipa francesa atingiria uma fase tão avançada da principal competição europeia de clubes.

© Action Images / Reuters

Jardim dividiu as equipas que ainda estão em prova entre "muito difíceis", como o tricampeão italiano, e "muito, muito difíceis", categoria na qual coloca o Real Madrid, detentor do troféu, o Barcelona e o Bayern Munique, que será o adversário do FC Porto.

"Ainda bem que não nos calhou ter de defrontar as três equipas mais fortes: Real, Barça e Bayern", disse o treinador português, apesar de atribuir o favoritismo à Juventus, "equipa que está a atravessar um grande momento de forma".

O técnico do Mónaco lembrou que a Juventus é a atual líder destacada do campeonato italiano, mas lembrou que no início da época ninguém acreditaria que a equipa francesa atingiria uma fase tão avançada da principal competição europeia de clubes.

"A Juventus possui um coletivo muito forte. Vamos trabalhar no sentido de fazermos bons jogos, tentar passar à fase seguinte e, acima de tudo, aproveitar o momento. Sabemos que no futebol tudo é possível", sustentou Jardim, admitindo que o facto de jogar o jogo da segunda mão em casa pode representar "uma vantagem".

Para o treinador português, a ausência do médio francês Pogba, 'estrela' da 'Juve', "é uma boa notícia", mas Jardim lembrou que os italianos possuem "outros grandes jogadores", capazes de resolver a questão a seu favor, como o argentino Tevez, o espanhol Morata e Pirlo.
Lusa
  • Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já têm cadastro
    1:59

    Crise no Sporting

    Sete dos 23 arguidos do caso da Academia de Alcochete já foram condenados por 22 crimes que cometeram no passado, mas nunca nenhum deles cumpriu pena de prisão ou prisão domiciliária. O juiz decretou a prisão preventiva na sequência das agressões à equipa do Sporting por entender que se tratou de um comportamento chocante, terrorista e a perversão do espírito desportivo.

  • Está a pensar ir à praia? Não se esqueça do guarda-chuva
    0:43
  • Abate de animais nos canis proibido a partir de setembro
    1:35

    País

    O abate de animais nos canis passa a ser proibido a partir de setembro. Só em 2017, foram mortos cerca de 12 mil cães e gatos, uma média de um abate por hora. O Governo lançou um programa de incentivos financeiros de um milhão de euros, que ainda está a decorrer.

  • Cabazes solidários oferecidos pelo Governo encontrados no lixo
    0:57
  • Colheita da cereja já arrancou no Fundão
    1:54

    País

    A colheita das primeiras cerejas da época já começou no Fundão. A campanha atrasou um mês em relação a anos anteriores, por causa do inverno que se prolongou, mas os produtores garantem que o fruto é de qualidade.