sicnot

Perfil

Desporto

Jardim satisfeito por não defrontar um "tubarão" na Liga dos Campeões

O treinador português Leonardo Jardim admitiu esta sexta-feira que ficou satisfeito por o Mónaco não ter de jogar com equipas "muito, muito difíceis" nos quartos de final da Liga dos Campeões de futebol, defrontando a apenas "muito difícil" Juventus.

O técnico do Mónaco lembrou que a Juventus é a atual líder destacada do campeonato italiano, mas lembrou que no início da época ninguém acreditaria que a equipa francesa atingiria uma fase tão avançada da principal competição europeia de clubes.

O técnico do Mónaco lembrou que a Juventus é a atual líder destacada do campeonato italiano, mas lembrou que no início da época ninguém acreditaria que a equipa francesa atingiria uma fase tão avançada da principal competição europeia de clubes.

© Action Images / Reuters

Jardim dividiu as equipas que ainda estão em prova entre "muito difíceis", como o tricampeão italiano, e "muito, muito difíceis", categoria na qual coloca o Real Madrid, detentor do troféu, o Barcelona e o Bayern Munique, que será o adversário do FC Porto.

"Ainda bem que não nos calhou ter de defrontar as três equipas mais fortes: Real, Barça e Bayern", disse o treinador português, apesar de atribuir o favoritismo à Juventus, "equipa que está a atravessar um grande momento de forma".

O técnico do Mónaco lembrou que a Juventus é a atual líder destacada do campeonato italiano, mas lembrou que no início da época ninguém acreditaria que a equipa francesa atingiria uma fase tão avançada da principal competição europeia de clubes.

"A Juventus possui um coletivo muito forte. Vamos trabalhar no sentido de fazermos bons jogos, tentar passar à fase seguinte e, acima de tudo, aproveitar o momento. Sabemos que no futebol tudo é possível", sustentou Jardim, admitindo que o facto de jogar o jogo da segunda mão em casa pode representar "uma vantagem".

Para o treinador português, a ausência do médio francês Pogba, 'estrela' da 'Juve', "é uma boa notícia", mas Jardim lembrou que os italianos possuem "outros grandes jogadores", capazes de resolver a questão a seu favor, como o argentino Tevez, o espanhol Morata e Pirlo.
Lusa
  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51