sicnot

Perfil

Desporto

Jorge Jesus acusa Lopetegui de tentar condicionar os árbitros

O treinador da equipa de futebol do Benfica, Jorge Jesus, disse que hoje o seu homólogo do FC Porto, Julen Lopetegui, está a tentar condicionar os árbitros e que os adversários só param os 'encarnados' recorrendo às faltas.

"Ele [Lopetegui] defende a sua dama. Mas é claro que há da parte dele uma tentativa de condicionamento dos árbitros. O Benfica tem uma forma de jogar que faz com que os nossos adversários só consigam parar-nos através de faltas", disse Jorge Jesus, quando confrontado com as críticas do treinador do FC Porto às arbitragens dos jogos do Benfica, ao considerar "desproporcionado" o número de expulsões dos adversários que defrontam o rival. (Arquivo)

"Ele [Lopetegui] defende a sua dama. Mas é claro que há da parte dele uma tentativa de condicionamento dos árbitros. O Benfica tem uma forma de jogar que faz com que os nossos adversários só consigam parar-nos através de faltas", disse Jorge Jesus, quando confrontado com as críticas do treinador do FC Porto às arbitragens dos jogos do Benfica, ao considerar "desproporcionado" o número de expulsões dos adversários que defrontam o rival. (Arquivo)

Lusa

"Ele [Lopetegui] defende a sua dama. Mas é claro que há da parte dele uma tentativa de condicionamento dos árbitros. O Benfica tem uma forma de jogar que faz com que os nossos adversários só consigam parar-nos através de faltas", disse Jorge Jesus, quando confrontado com as críticas do treinador do FC Porto às arbitragens dos jogos do Benfica, ao considerar "desproporcionado" o número de expulsões dos adversários que defrontam o rival.

O treinador dos 'encarnados' defendeu que os adversários do Benfica "têm de ser penalizados pelas faltas consecutivas" que cometem contra a sua equipa, "única forma de a parar", e que os árbitros "usam em 90 por cento dessas expulsões o mesmo critério disciplinar". 

De resto, Jesus justifica a necessidade dos adversários recorrerem à falta com "a qualidade de jogo do Benfica", e prevê que aqueles "vão continuar" a usar esse expediente e a sofrer "mais expulsões" porque "só assim param" a equipa 'encarnada'. 

"A maior parte das expulsões dos nossos adversários nos jogos contra o Benfica foram justas. Aliás, em 80 e 90 por cento desses jogos já estávamos a ganhar quando essas expulsões aconteceram", alegou Jorge Jesus, para quem o treinador do FC Porto está apenas a "defender a sua dama" ao procurar "fazer pressão sobre os árbitros".

Jesus reconheceu que "a pressão aumenta à medida que cada novo jogo é superado", quando faltam apenas nove jornadas para o final do campeonato, e que o objetivo do qual o Benfica "não se desviará é manter os quatro pontos de avanço" sobre o FC Porto, à medida que vai sentindo que "a meta está cada vez mais próxima". 

Sobre o jogo com o Rio Ave, da 26ª jornada, no sábado, para o campeonato, Jorge Jesus não tem dúvidas: "Vai ser um jogo difícil, porque vamos apanhar o Rio Ave supermotivado, como acontece com todos os adversários do Benfica. Já estamos habituados a isso. Aliás não há jogos fáceis, sobretudo fora do nosso estádio".
Lusa
  • Paulo Macedo pede calma para o bem do banco
    1:45

    Caso CGD

    Paulo Macedo falou pela primeira vez desde que foi eleito o novo Presidente da Caixa Geral de Depósitos e, para o bem do banco público, pediu calma a todos. Passos Coelho veio dizer que a recapitalização da Caixa pode ter de ser feita no verão do próximo ano para salvaguardar o défice deste ano. Já António Costa preferiu não comentar as declarações de Passos e diz que o banco público há muito que precisava de ser recapitalizado.

  • Condutores continuam com dúvidas em como circular numa rotunda
    2:06

    País

    Circular nas rotundas continua a ser um problema para muitos condutores. Cerca de 3 mil foram multados nos últimos três anos depois da entrada em vigor do novo código, os números são avançados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. Os instrutores de condução dizem que a medida provoca mais confusão nas horas de ponta.

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.

  • "A nossa guerra não deixou heróis, só vilões e vítimas"
    5:26

    Mundo

    Luaty Beirão é o rosto mais visível de um movimento de contestação ao regime angolano que começou em 2011, ano da Primavera árabe. Mas a par dos 15+2, mediatizados num processo que os condenou por lerem um livro, outros activistas arriscam diariamente a liberdade.