sicnot

Perfil

Desporto

Holandês Van Praag considera ter a "experiência" para ser presidente da FIFA

O presidente da Federação Holandesa de Futebol, Michael Van Praag, candidato à presidência da FIFA, considerou esta segunda feira a "experiência" como um dos seus pontos fortes na corrida à liderança do organismo do futebol mundial.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© United Photos / Reuters

"Os meus pontos fortes? Tenho a experiência, fui presidente do Ajax e sou presidente da Federação Holandesa de Futebol", disse o dirigente, à margem da reunião do comité executivo e do congresso da UEFA, que decorre em Viena.

Van Praag concorre à liderança da FIFA frente ao presidente em funções, o suíço Joseph Blatter, ao príncipe jordano Ali Bin Al Hussein, vice-presidente da FIFA e membro do Comité Executivo, e ao português Luís Figo.

"Se for eleito não estarei na FIFA mais do que quatro anos", insistiu o holandês, de 67 anos, em contraponto a Joseph Blatter, de 79 anos, que concorre a um quinto mandato à frente do organismo.

"Na FIFA nunca se fala em reduzir custos. É o que proponho fazer, é mais democrático. O programa pode ser feito em quatro anos, e por isso não tenho que me preocupar ao fim de dois anos em preparar um mandato seguinte", justificou.

O dirigente holandês considerou ainda serem muito positivas as candidaturas de Figo e de Ali Bin Al Hussein, explicando que também eles terão a oportunidade de convencer outras pessoas de que a FIFA precisa de uma mudança.

"Eles podem falar com pessoas com as quais eu não tive tempo para falar", acrescentou, considerando que será muito mau a continuidade de Blatter.

O ex-futebolista português Figo conta com o apoio oficial da Dinamarca, Montenegro, Polónia, Macedónia, Luxemburgo e Portugal. 

As eleições para a presidência da FIFA realizam-se a 29 de maio.

Lusa

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Guterres apela à Coreia do Norte para cumprir resoluções

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou este sábado ao ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, para o cumprimento das resoluções que o Conselho de Segurança impôs ao país em resposta à sua escalada armada.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.