sicnot

Perfil

Desporto

João Sousa desce um lugar e é 53º no ranking mundial de ténis

O tenista português João Sousa 'caiu' um lugar no 'ranking' mundial, surgindo na classificação de hoje na 53ª posição da hierarquia, que continua a ser liderada pelo sérvio Novak Djokovic.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Brandon Malone / Reuters

Para a atualização da tabela contou a eliminação precoce do número um português no Masters 1000 de Indian Wells. João Sousa foi eliminado logo na primeira ronda, enquanto em 2014 tinha passado uma eliminatória no torneio californiano.

Na 'cabeça' da classificação, Djokovic, que venceu pela quarta vez o torneio de Indian Wells, manteve os 4.000 pontos de vantagem sobre o suíço Roger Federer, derrotado pelo sérvio na final de domingo.

Nesse confronto, Djokovic alcançou a 18.ª vitória sobre Federer, que continua a ter vantagem na contabilidade dos confrontos diretos com o sérvio, tendo ganhado 20 dos 38 frente a frente.

Entre o grupo de elite dos 10 melhores, o espanhol David Ferrer, vice-campeão da edição de 2013 do 'antigo' Estoril Open, foi 'promovido' uma posição, aparecendo na lista de hoje em sétimo lugar.

O número dois espanhol desalojou o suíço Stanislas Wawrinka, o campeão do torneio português precisamente em 2013 e que agora é o oitavo do circuito.

Em femininos, o topo da tabela continua a ser encabeçado pela norte-americana Serena Williams, que reforçou o comando apesar de ter sido forçada a desistir, por lesão, nas meias-finais de Indian Wells.

De regresso à prova californiana após 14 anos de boicote, por ter sido vítima de racismo na final de 2001, Williams dilatou a vantagem para a russa Maria Sharapova, agora a 1.712 pontos de distância.

Sharapova também passou a estar mais 'ameaçada' por Simona Halep, que se sagrou campeã em Indian Wells. A romena entrou para o torneio norte-americano a 1.644 pontos de desvantagem para a russa e na lista de hoje reduziu a margem para 1.089 pontos.

Michelle de Brito, eliminada na segunda ronda do 'qualifying' de Indian Wells, desceu três posições na classificação do circuito e ocupa agora o lugar 124.


Lusa
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Trabalhadores da saúde iniciam greve nacional

    País

    Trabalhadores da saúde estão esta sexta-feira a cumprir uma greve a nível nacional para reivindicar a admissão de novos profissionais, exigir a criação de carreiras e a aplicação das 35 horas semanais a todos os funcionários do setor.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Juiz brasileiro morto em acidente aéreo investigava corrupção na Petrobras
    1:28
  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.