sicnot

Perfil

Desporto

Nadador sul-coreano Taehwan Park suspenso por 18 meses por doping

O nadador sul-coreano Taehwan Park, quatro vezes medalhado nos Jogos Olímpicos, foi hoje suspenso por 18 meses pela Federação Internacional de Natação (FINA) por não ter comparecido a um teste de doping.

© Tim Wimborne / Reuters

O nadador de 25 anos já tinha tido uma análise positiva detetada num teste fora da competição em setembro do ano passado, no qual acusou esteroides anabolisantes, substância proibida pelos regulamentos internacionais.

Park conquistou a medalha de ouro nos 400 metros livres e a medalha de prata nos 200 nos Jogos Olímpicos de Pequim2008, tornando-se no primeiro nadador sul-coreano a obter uma medalha olímpica. 

Nos Jogos Olímpicos de Londres2012 viria a conquistar também a medalha de prata naquelas duas provas e a de ouro nos 400 metros dos Mundiais de 2007 e 2011.

O castigo pelo primeiro caso do doping estender-se-á até 02 de março de 2016, o que, à partida, lhe permitirá competir nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, que se realizam alguns meses após essa data.

Lusa
  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.