sicnot

Perfil

Desporto

Ex-nadadora morta no acidente de helicóptero na Argentina enterrada em Nice

A antiga nadadora francesa Camille Muffat, que conquistou três medalhas em Londres2012 e morreu a 9 de março, aos 25 anos, num acidente de helicóptero na Argentina, foi hoje enterrada em Nice, a sua cidade natal.

Lionel Cironneau

O seu cadáver foi repatriado no domingo para Paris, juntamente com os dos outros sete franceses que participavam na gravação de um 'reality show' nas montanhas da zona turística de La Rioja e que morreram em consequência do choque entre os dois helicópteros que os transportavam.

Na igreja de São João Batista de Nice, vários nadadores franceses prestaram a última homenagem a Muffat, casos de Coralie Balmy, Laure Manaudou, Yannick Agnel e Charlotte Bonnet, assim como Alain Bernard, que também participou no programa do canal de televisão francesa.

O serviço religioso destinado a homenagear a ex-nadadora, que abandonou as piscinas aos 24 anos com um dos mais ricos palmarés da história de França, serviu também para os cerca de 200 presentes recordarem as vítimas da queda do Airbus A320 da companhia aérea alemã Germanwings, nos Alpes franceses.

Muffat conquistou três medalhas nos Jogos Olímpicos de Londres2012, uma de ouro nos 400 metros livres, uma de prata nos 200 livres e uma de bronze na estafeta de 4x200 metros livres.

Além de Muffat, o acidente aéreo na Argentina vitimou a velejadora Florence Arthaud e o pugilista Alexis Vastine, vice-campeão olímpico em Pequim2008.

Outras figuras conhecidas do desporto gaulês, como o ex-futebolista Sylvain Wiltord, o nadador Alain Bernard e a ex-ciclista Jeannie Longo também estavam a participar no mesmo programa de televisão, mas não se encontravam nos helicópteros.

Lusa
  • Atletas mortos num acidente de helicóptero homenageados em Paris

    Mundo

    Foram hoje homenageados em Paris, os três atletas franceses que morreram segunda-feira num acidente de helicóptero na Argentina. Centenas de atletas e responsáveis desportivos franceses juntaram-se no Instituto Nacional do Desporto e fizeram um minuto de silêncio em homenagem à campeã olímpica de natação Camille Muffat, à velejadora Florence Arthaud e ao pugilista Alexis Vastine. 

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Tomada de posse de Trump com mais medidas de segurança que o habitual
    1:43
  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.