sicnot

Perfil

Desporto

João Lagos vai contestar judicialmente utilização do nome do Estoril Open

O empresário João Lagos, que organizou 25 edições do Estoril Open, anunciou hoje que se prepara para defender os direitos de propriedade industrial referentes ao nome daquele torneio de ténis.

JOSE SENA GOULAO

"Os organizadores do novo 'Millenium Estoril Open' estão a infringir os direitos de propriedade industrial de João Lagos, anterior organizador do 'Estoril Open'", lê-se num comunicado do proprietário da João Lagos Sports, que se prepara para "avançar para as instâncias judiciais para defesa dos seus direitos", depois de já ter comunicado esta situação à Federação Portuguesa de Ténis e à Associação de Tenistas Profissionais (ATP).

O empresário dá conta da "grande visibilidade" oferecida a Portugal e "em particular para a zona de Cascais, Estoril e Oeiras", com os torneios de "referência a nível nacional e internacional", dos quais assegura ter feito o registo de marca com a expressão 'Estoril Open'.

"Deste modo, o uso da expressão/denominação Estoril Open é um direito exclusivo detido por João Lagos, de acordo com o artigo 258.º do Código da Propriedade Industrial", prossegue o comunicado, acrescentando que "os organizadores do novo torneio não poderão utilizar tal expressão na designação de torneios de ténis em Portugal, sem a sua autorização e sob pena de infração dos seus referidos direitos".

De acordo com a mesma fonte, João Lagos "contactou, em devido tempo, os organizadores e patrocinadores do novo torneio sobre esta situação, sem ter recebido, até à data, qualquer resposta".

A 18 de novembro de 2014, João Lagos anunciou que iria deixar de organizar o evento, tendo ficado na altura comprometida a continuidade do principal torneio português de ténis.

Depois de Lagos ter perdido a licença de organização do torneio, que nos dois últimos anos se denominou Portugal Open, a ATP procurou compradores para a licença, de modo a manter a competição em Portugal.

A 4 de fevereiro foi apresentado o sucessor do torneio organizado no complexo do Jamor por Lagos, que nasceu da conjugação de esforços da U.Com, empresa sedeada na Alemanha especializada na comunicação e organização de eventos, do empresário holandês e ex-tenista Benno Van Veggel e da Polaris Sports, do empresário Jorge Mendes, e que terá como patrocinador o banco Millennium BCP.

Apesar de decorrer pela 26.ª ocasião, esta edição do Estoril Open, que decorre entre 25 de abril e 3 de maio, não pode ser considerada a 26.ª edição do torneio que hoje voltou a nascer.

Lusa

  • A menina síria que relata a guerra no Twitter está bem, diz o pai

    Mundo

    Bana Alabed, a menina síria de 7 anos que conta no Twitter a luta pela sobrevivência e os horrores da guerra em Alepo, teve de abandonar a sua casa que foi bombardeada mas está bem, disse hoje o seu pai à Agência France Press. A conta esteve fechada desde domingo, mas foi entretanto reativada e tem hoje uma nova publicação de Bana.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.