sicnot

Perfil

Desporto

Fernando Alonso diz se lembra do acidente e fala em falhas na direção

O piloto espanhol Fernando Alonso (McLaren) disse hoje lembrar-se do acidente que sofreu em fevereiro durante uma sessão de testes de Fórmula 1 e que o mesmo se deveu a uma falha na direção.

© Reuters Staff / Reuters

"Fui para o hospital em boas condições. Há um período de tempo do qual não me lembro, entre as 14:00 e as 16:00, mas isso é normal, foi por causa da medicação", afirmou o campeão mundial de Fórmula 1 de 2005 e 2006, que se prepara para regressar à competição este fim de semana, no Grande Prémio da Malásia, em Sepang. 

Alonso negou a versão de que depois do acidente, ocorrido a 22 de fevereiro no circuito de Montmeló, Espanha, teria proferido afirmações que indiciavam que tinha perdido a memória dos últimos 20 anos.

"Não acordei em 1995, não falei italiano. Lembro-me do acidente e de tudo o que se passou no dia seguinte", assegurou.

O regresso do piloto espanhol, que falhou o arranque do Mundial, em Melbourne, Austrália, foi confirmado na terça-feira pela escuderia britânica.

A 22 de fevereiro, quando já tinha realizado cerca de 20 voltas ao circuito espanhol, Alonso saiu de pista e embateu num muro de proteção, acidente que, na altura, se pensou ter sido provocado pelos ventos fortes e irregulares.

A McLaren garantiu, dias depois, não ter verificado qualquer falha mecânica, mas hoje o piloto afirmou ter sentido problemas na direção.

"Não há uma causa clara, mas houve um problema na direção, bloqueou na direita e fui contra o muro. É evidente que houve um problema com o carro, mas não o detetámos. Passou mais de um mês e não encontrámos nada, talvez nunca encontremos, mas nesta corrida vamos estar mais atentos a determinadas partes do carro", disse.

Fernando Alonso explicou que para a prova de Sepang o carro foi equipado com novos sensores e sofreu alterações na direção e reiterou a sua total confiança na equipa da McLaren.








Lusa
  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.