sicnot

Perfil

Desporto

Fernando Alonso diz se lembra do acidente e fala em falhas na direção

O piloto espanhol Fernando Alonso (McLaren) disse hoje lembrar-se do acidente que sofreu em fevereiro durante uma sessão de testes de Fórmula 1 e que o mesmo se deveu a uma falha na direção.

© Reuters Staff / Reuters

"Fui para o hospital em boas condições. Há um período de tempo do qual não me lembro, entre as 14:00 e as 16:00, mas isso é normal, foi por causa da medicação", afirmou o campeão mundial de Fórmula 1 de 2005 e 2006, que se prepara para regressar à competição este fim de semana, no Grande Prémio da Malásia, em Sepang. 

Alonso negou a versão de que depois do acidente, ocorrido a 22 de fevereiro no circuito de Montmeló, Espanha, teria proferido afirmações que indiciavam que tinha perdido a memória dos últimos 20 anos.

"Não acordei em 1995, não falei italiano. Lembro-me do acidente e de tudo o que se passou no dia seguinte", assegurou.

O regresso do piloto espanhol, que falhou o arranque do Mundial, em Melbourne, Austrália, foi confirmado na terça-feira pela escuderia britânica.

A 22 de fevereiro, quando já tinha realizado cerca de 20 voltas ao circuito espanhol, Alonso saiu de pista e embateu num muro de proteção, acidente que, na altura, se pensou ter sido provocado pelos ventos fortes e irregulares.

A McLaren garantiu, dias depois, não ter verificado qualquer falha mecânica, mas hoje o piloto afirmou ter sentido problemas na direção.

"Não há uma causa clara, mas houve um problema na direção, bloqueou na direita e fui contra o muro. É evidente que houve um problema com o carro, mas não o detetámos. Passou mais de um mês e não encontrámos nada, talvez nunca encontremos, mas nesta corrida vamos estar mais atentos a determinadas partes do carro", disse.

Fernando Alonso explicou que para a prova de Sepang o carro foi equipado com novos sensores e sofreu alterações na direção e reiterou a sua total confiança na equipa da McLaren.








Lusa
  • "Não vou ceder, não vou render-me, não vou desistir da candidatura"
    2:02
  • Obama, Presidente francês?
    1:55

    Mundo

    A resposta é óbvia, mas não demoveu quatro franceses, descontentes com os candidatos às Presidenciais no seu país. A ideia começou como brincadeira, mas já recolheu 43 mil assinaturas. 

  • Trump apanhado a ensaiar no carro
    1:08
  • Mulheres democratas de branco para mostrar que não abdicam dos diretos conquistados

    Mundo

    Uma "mancha branca" sobressaiu esta terça-feira no Congresso norte-americano, durante o primeiro discurso de Donald Trump. A maioria das 66 mulheres representantes e delegadas do Partido Democrata vestiram-se de branco, num ato simbólico a fazer recordar o movimento sufragista feminino, que encorajava as apoiantes a vestirem-se de branco. Tal como então, a cor da pureza foi agora recuperada, desta feita para mostrar a Trump que as mulheres não abdicam dos direitos conquistados no início do século XX.

  • Treinador do "The Biggest Loser" teve ataque cardíaco

    Mundo

    Foi o próprio Bob Harper que partilhou a notícia no seu Instagram. O ex-treinador do famoso programa de televisão sofreu um ataque cardíaco enquanto treinava no ginásio. Esteve oito dias internado mas, felizmente, já está em casa a recuperar.

  • Prisões recebem manual para lidar com fugas
    2:07

    País

    O Governo vai fazer o maior investimento de sempre nos serviços prisionais. São 2.600 milhões de euros para reforçar a segurança nas prisões. Entretanto. já foi distribuído um manual de procedimentos em caso de fuga.