sicnot

Perfil

Desporto

Renault ameaça abandonar a Fórmula 1

A Renault está a ponderar abandonar a Fórmula 1, revelou hoje o diretor-geral da marca francesa, um dos quatro fornecedores de motores na categoria rainha do desporto automóvel.

© Jason Reed / Reuters

"Posso confirmar que estamos a analisar várias opções, entre as quais deixar a Fórmula 1", disse Cyril Abiteboul no circuito de Sepang, onde este fim-de-semana se disputa o Grande Prémio da Malásia, segunda prova do Campeonato do Mundo de F1.

Depois de entre 2010 e 2013 ter conquistado quatro títulos mundiais de construtores e pilotos, através do alemão Sebastian Vettel (Red Bull), ciclo interrompido no ano passado pela Mercedes, a Renault considera agora que a F1 está a ser prejudicial à sua imagem.

Abiteboul defendeu que, "se a Fórmula 1 faz mal à reputação da Renault" e "se não está a ter o retorno do que custa à Renault", estão criadas as condições para o abandono, que pode também levar à saída da Red Bull, segundo informou a escuderia.

Na base da insatisfação dos responsáveis da marca francesa está o desempenho da Red Bull na primeira corrida de 2015, na Austrália, onde o australiano Daniel Ricciardo não foi além do sexto lugar e o russo Daniil Kvyat nem sequer terminou.

Lusa

  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    A capital da Itália foi esta manhã sacudida por três sismos em apenas uma hora, de entre 5,3 e 5,7 na escala de Richter, não havendo até ao momento registo de vítimas.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".