sicnot

Perfil

Desporto

Três jogadores dos sub-21 chamados para o jogo de Portugal com Cabo Verde

O defesa Paulo Oliveira (Sporting), o médio Bernardo Silva (Mónaco) e o avançado Ivan Cavaleiro (Deportivo) foram hoje chamados à seleção portuguesa de futebol para o jogo particular de terça-feira, com Cabo Verde.

A 5 de fevereiro, o SEF tinha identificado 250 cidadãos estrangeiros, dos quais 157 estavam em situação irregular. (Arquivo)

A 5 de fevereiro, o SEF tinha identificado 250 cidadãos estrangeiros, dos quais 157 estavam em situação irregular. (Arquivo)

© Valentin Flauraud / Reuters

Os três jogadores hoje convocados por Fernando Santos foram titulares na quinta-feira no empate da seleção lusa de sub-21 frente à Dinamarca.

Na terça-feira, o selecionador já tinha chamado 11 jogadores para o embate com o conjunto africano, entre os quais oito jogadores que nunca jogaram pela seleção principal.

O guarda-redes Marafona (Moreirense), os defesas André Pinto (Sporting de Braga) e Tiago Pinto (Rio Ave), os médios Danilo (Marítimo) e André André (Vitória de Guimarães) e os avançados Ukra (Rio Ave), Rui Fonte (Belenenses) e Lucas João (Nacional) estreiam-se nos trabalhos da equipa das 'quinas'.

De regresso às escolhas estão os médios Adrien Silva (Sporting), que tinha estado na última lista, André Almeida (Benfica), que ainda não tinha sido chamado por Fernando Santos, e Pizzi (Benfica), ausente desde 2013.

Estes 11 jogadores juntam-se à seleção portuguesa no domingo e assistem à partida com a Sérvia, no Estádio da Luz, em Lisboa, devendo treinar apenas na segunda-feira, véspera do particular com Cabo Verde, marcado para o Estádio Nacional, em Oeiras.

No encontro com os 'tubarões azuis' não vão estar os jogadores utilizados por Fernando Santos na partida com os sérvios, de qualificação para o Euro2016.

Lusa
  • Prisão preventiva para homicida de Barcelos
    1:43

    País

    O alegado homicida de Barcelos vai ficar em prisão preventiva, por quatro crimes de homicídio. Adelino Briote foi ouvido este sábado de manhã no Tribunal de Braga, depois de na sexta-feira ter alegadamente degolado quatro pessoas na freguesia de Tamel, em Barcelos.

  • Homem suspeito de matar a mulher em Esmoriz

    País

    Um homem é suspeito de ter esfaqueado este sábado mortalmente a mulher em Esmoriz, concelho de Ovar, num contexto de violência doméstica, disse à agência Lusa fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR).

  • Morte de portuguesa no Luxemburgo afinal não aconteceu

    País

    A morte de uma portuguesa em Bettembourg, no sul do Luxemburgo, não terá acontecido. O Jornal do Luxemburgo avançou, esta manhã, que a emigrante portuguesa tinha sido baleada mortamente pelo filho, uma informação entretanto desmentida por outro jornal online. Segundo o Bom Dia Luxemburgo, o que aconteceu foi afinal uma rusga policial.

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.