sicnot

Perfil

Desporto

Tiger Woods sai do top 100 pela primeira vez desde 1996

O golfista norte-americano Tiger Woods, antigo líder mundial, num acumulado de 623 semanas, saiu do top 100 do ranking mundial, ao cair do 96.º para o 104.º posto, na lista hoje divulgada.

Woods desistiu após cumprir o 11.º dos 18 buracos da primeira jornada, logo depois de ter feito um duplo-'bogey' (duas pancadas acima do par).

Woods desistiu após cumprir o 11.º dos 18 buracos da primeira jornada, logo depois de ter feito um duplo-'bogey' (duas pancadas acima do par).

© USA Today Sports / Reuters

É a primeira vez desde outubro de 1996 que o jogador norte-americano, de 40 anos, sai do grupo dos 100 melhores. 

Tiger Woods foi durante anos considerado o melhor jogador do mundo, conquistando 14 títulos do Grand Slam, após a sua primeira vitória enquanto profissional, quando tinha 20 anos, em outubro de 1996 no torneio de Las Vegas.

A última vez que o jogador ocupou a cadeira de número mundial foi em maio de 2014, mas desde então vários problemas físicos nas costas têm limitado a sua capacidade de jogar, com consequente perda de ranking.

Em janeiro deste ano, Tiger Woods realizou mesmo a pior prestação da sua carreira, com uma volta de 82 pancadas no Open de Phoenix, nos Estados Unidos, falhando o cut do torneio e saindo do top 50 do mundo. 

O jogador desistiu depois na primeira volta do Open Torrey Pines, também nos Estados Unidos, em fevereiro, e resolveu fazer uma pausa antes de poder regressar aos greens.

Lusa
  • UGT reivindica que salário mínimo ultrapasse os 600€
    0:26

    Economia

    O secretário-geral da UGT reivindica que até 2019 o salário mínimo nacional ultrapasse os 600 euros. Este sábado, num congresso distrital na Guarda, Carlos Silva considerou que o Governo tem condições para ir mais além e voltou a defender que para o próximo ano o patamar mínimo para a negociação deve ser os 585 euros.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04
  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.

  • Tony Carreira em Paris com sala cheia
    2:36

    Cultura

    O cantor Tony Carreira actuou ontem em Paris e teve sala cheia a aplaudir os temas que o tornaram conhecido há quase 30 anos. As recentes acusações de plágio não parecem afectar a popularidade do artista, que vai continuar em tournée. A Sic acompanhou o artista neste concerto.