sicnot

Perfil

Desporto

Alaba pára sete semanas e é baixa do Bayern frente ao FC Porto

O Bayern de Munique anunciou esta quarta-feira que o defesa David Alaba estará inativo cerca de sete semanas devido a uma lesão, ficando assim afastado dos quartos de final da Liga dos Campeões de futebol, frente ao FC Porto.

Alaba estará com a perna engessada durante duas semanas e irá usar uma tala depois de retirar o gesso, prevendo-se o seu retorno aos treinos dentro de quatro semanas. (Arquivo)

Alaba estará com a perna engessada durante duas semanas e irá usar uma tala depois de retirar o gesso, prevendo-se o seu retorno aos treinos dentro de quatro semanas. (Arquivo)

© Michael Dalder / Reuters

O defesa-esquerdo austríaco, que também pode jogar no meio-campo, sofreu uma lesão do ligamento colateral interno do joelho esquerdo durante o jogo particular entre a seleção do seu país e a congénere da Bósnia-Herzegovina na terça-feira.

Alaba vai ficar fora dos jogos com o FC Porto, a 15 de abril, no Dragão, e a 21, em Munique, junta-se ao avançado internacional holandês Arjen Robben, que sofreu uma lesão abdominal que o vai forçar a uma paragem de, pelo menos, cinco semanas.

Contudo, Alaba disse ter esperança de regressar à atividade na fase final da época, a tempo de participar no último jogo da Liga alemã frente ao Mainz, marcado para 23 de maio, dentro de sete semanas e meia.  

"Estou muito desapontado neste momento, mas tenho um objetivo, que é o de regressar à competição antes do final da época", disse Alaba, em declarações ao sítio do Bayern.

Se o Bayern não for eliminado, o austríaco poderá estar na final da Liga dos Campeões, a 6 de junho, em Berlim, e na final da Taça da Alemanha, prevista para uma semana antes.

Alaba estará com a perna engessada durante duas semanas e irá usar uma tala depois de retirar o gesso, prevendo-se o seu retorno aos treinos dentro de quatro semanas.

A equipa de Pep Guardiola enfrenta o Borussia Dortmund neste fim de semana, em jogo do campeonato alemão.
Lusa
  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.