sicnot

Perfil

Desporto

Sporting empata em Paços de Ferreira

Galeria de fotos

O Sporting, terceiro classificado da I Liga, foi este sábado travado no terreno do Paços de Ferreira, com um empate a uma bola, em jogo da 27.ª jornada.

OCTAVIO PASSOS

OCTAVIO PASSOS

OCTAVIO PASSOS

OCTAVIO PASSOS/LUSA

OCTAVIO PASSOS

OCTAVIO PASSOS

OCTAVIO PASSOS

OCTAVIO PASSOS

Slimani inaugurou o marcador aos 30 minutos, mas o Paços de Ferreira respondeu à desvantagem e empatou por Rodrigo Galo, aos 75, um resultado que manteve a invencibilidade do técnico pacense Paulo Fonseca em encontros diante do Sporting.

Vasco Rocha e Sérgio Oliveira regressaram ao "onze" do Paços de Ferreira, em substituição de Diogo Jota e Diogo Rosado, enquanto os castigados Adrien e Paulo Oliveira foram rendidos na equipa inicial do Sporting por Tobias Figueiredo e André Martins.

O Sporting materializou a sua superioridade na primeira parte com um golo fácil do argelino Slimani, a emendar um centro de Nani da esquerda, após uma grande correria do internacional português, sem grande oposição dos locais, como aconteceu com frequência durante parte do encontro.

A colocação de João Mário nas costas de um Slimani muito móvel no ataque levou a uma atenção redobrada dos médios pacenses, com Manuel José por diversas vezes a compensar no meio, retirando elementos aos pacenses para saírem em contra-ataque.

William Carvalho, com André Martins por perto, segurava a progressão dos locais, preferencialmente pelo meio, enquanto Nani e Carrillo nas alas, bem apoiados pelos laterais, davam largura e profundidade ao ataque do Sporting, criando desequilíbrios e várias situações de golo.

João Mário e Tobias Figueiredo foram os primeiros a ameaçar o golo, já depois de dois avisos de Slimani, que, pouco depois, inaugurou o marcador, após trabalho de Nani.

A superioridade do Sporting era quase absoluta, beneficiando de alguns erros defensivos dos pacenses, pouco agressivos na marcação e com dificuldades para travarem a velocidade dos alas contrários, e Nani, aos 33 minutos, viu Fábio Cardoso, em esforço, negar-lhe o golo.

O Sporting manteve a pressão alta no segundo tempo, sempre na zona de construção dos locais, anulando quase todas as iniciativas dos pacenses, que continuavam a conceder espaços aos avançados contrários, mas João Mário e Carrilo, num espaço de um minuto, falharam, isolados, o segundo golo da formação orientada por Marco Silva.

O Paços melhorou com as entradas Hurtado e Minhoca, ganhando largura no ataque e velocidade de circulação da bola, e, mesmo sem pré-aviso, conseguiu chegar ao empate. João Mário perdeu a bola para Rodrigo Galo em zona proibida e o brasileiro largou uma 'bomba' à entrada da área de Rui Patrício.

Com 15 minutos para jogar, o Sporting intensificou o ataque, mas só por uma vez, aos 83 minutos, por Ewerton, esteve perto de desfazer o empate, que os pacenses, muito solidários, ajudaram a segurar.

Com este resultado, o Paços de Ferreira, agora com 37 pontos, cedeu o sexto lugar ao Belenenses, enquanto o Sporting manteve o terceiro, com 58, mas perdeu terreno para o Sporting de Braga (50), vencedor na receção ao Arouca, por 1-0.


Com Lusa
  • "Quem não deve não teme"

    Football Leaks

    O futebolista português Cristiano Ronaldo, questionado sobre a sua alegada fuga ao fisco veiculada pela investigação "Football Leaks", disse que "quem não deve não teme", numa reação difundida esta quinta-feira pela rádio espanhola Onda Cero.

  • Hospitais já registam picos de afluência apesar de casos de gripe serem ainda poucos
    2:13

    País

    A gripe ainda não chegou em força, mas nos últimos dias foram vários os hospitais com grande afluências de doentes, sobretudo idosos e com infeções respiratórias. Em alguns dias desta semana o número de doentes disparou para mais de 600, como disse à SIC o presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra.

  • Cerca de 150 civis doentes retirados de Alepo

    Mundo

    Cerca de 150 civis, a maioria doentes ou deficientes, foram retirados na noite de quarta-feira para quinta-feira de um centro de saúde de Aleppo, na parte mais antiga da cidade tomada pelo exército sírio, anunciou a Cruz Vermelha internacional.