sicnot

Perfil

Desporto

Cristiano Ronaldo feliz com os cinco golos e o trabalho da equipa

O futebolista português Cristiano Ronaldo mostrou hoje a sua felicidade após marcar cinco dos nove golos com que o Real Madrid goleou o Granada (9-1), numa pequena nota deixada na sua conta nas redes sociais.

Juan Carlos Hidalgo

"Feliz por marcar cinco golos, com este excelente trabalho de equipa. Obrigado pelo vosso apoio. Feliz Páscoa",  escreveu o jogador no Twitter e Facebook, no final do jogo no Santiago Bernabéu e sem que tenha falado à imprensa.

Cristiano Ronaldo marcou pela primeira vez na sua carreira cinco golos num único jogo e tornou-se o sexto jogador da história do Real Madrid a consegui-lo, sucedendo nos merengues ao avançado Fernando Morientes, que tinha sido o último a fazê-lo no clube.

O internacional luso marcou aos 30, 36, 38, 54 e 89 minutos e ultrapassou Lionel Messi na lista dos melhores marcadores da Liga espanhola, com 36 golos, contra 32.

O argentino terá a oportunidade de responder ainda hoje, quando o FC Barcelona visitar o Celta de Vigo, em jogo também da 29.ª jornada da Liga.


Lusa
  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Presidente do Brasil formalmente acusado de corrupção

    Mundo

    O Procurador-Geral da República do Brasil apresentou na noite de segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal uma denúncia contra o Presidente Michel Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pelo crime de corrupção passiva.

  • Reconquista de Mossul ao Daesh pode estar para breve
    1:27
  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.