sicnot

Perfil

Desporto

FC Porto goleia Estoril-Praia e mantém atraso de três pontos para o Benfica

O FC Porto goleou hoje em casa o Estoril-Praia, por 5-0, no jogo de encerramento da 27.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, e manteve os três pontos de atraso para o líder Benfica.

Lusa

Lusa

Frente aos 'canarinhos', com quem tinham empatado na primeira volta, os 'dragões' inauguraram o marcador aos 33 minutos pelo espanhol Óliver, seguindo-se os golos do camaronês Aboubakar (45+2), do português Ricardo Quaresma (52, de grande penalidade, e 78) e do brasileiro Danilo (70).

O FC Porto passou a somar 65 pontos, menos três do que o Benfica e mais oito do que o Sporting, enquanto o Estoril-Praia, que somou o nono encontro consecutivo sem vencer, segue no 13.º posto, com 28 pontos.











Lusa
  • Lopetegui destaca poderio ofensivo do FC Porto
    0:30

    Desporto

    O treinador do Estoril, Fabiano Soares, considerou justa a vitória do FC Porto, mas acredita que o Estoril foi prejudicado em dois lances que deram em golo. Quanto a Julen Lopetegui, salientou que os golos portistas foram o resultado do futebol atacante apresentado pela equipa, ao longo do jogo.

  • Casa Branca isolada devido a pacote suspeito

    Mundo

    A Casa Branca foi esta terça-feira isolada devido à presença de um pacote suspeito junto a uma das vedações que limitam o edifício governamental norte-americano. A situação já foi normalizada e o objeto retirado do local.

  • Inspetores do SEF cansados das promessas do Governo
    1:00

    País

    O sindicato do SEF garante que a segurança contra o terrorismo vai ser assegurada na greve de quinta-feira e sexta-feira nos aeroportos. Acácio Pereira, do sindicato, diz que os inspetores são quase escravos e que estão fartos das promessas do Governo. A greve deverá afetar cerca de 30 mil pessoas. 

  • Graça Fonseca, a primeira governante a assumir-se homossexual
    1:02

    País

    A secretária de Estado da Modernização Administrativa deu uma entrevista ao Diário de Notícias onde assume a sua homossexualidade. É a primeira vez que um governante português o faz. Graça Fonseca assume esta posição pública como uma "afirmação política".