sicnot

Perfil

Desporto

Atlético de Madrid vence Real Sociedad por 2-0

O Atlético de Madrid recebeu e venceu hoje a Real Sociedad, por 2-0, no primeiro jogo da 30.ª jornada da liga espanhola de futebol, aproximando-se assim provisoriamente do segundo classificado Real Madrid, que joga na quarta-feira.

© Susana Vera / Reuters

Os campeões espanhóis, com Tiago a titular, iniciaram o jogo da melhor forma e praticamente resolveram a partida nos 10 minutos iniciais. Logo aos dois minutos, fruto de um autogolo do defesa Mikel González, os 'colchoneros' adiantaram-se no marcador e oito minutos depois francês Griezmann, antigo jogador dos bascos, fez o 2-0 para a equipa da casa.

Com esta vitória, o Atlético soma agora 65 pontos, menos dois do que o terceiro classificado Real Madrid e a seis do líder Barcelona, sendo que o Valência, do português Nuno Espirito Santo está agora a quatro pontos.

Na quarta-feira, o Barcelona recebe o Almeria, enquanto o Real Madrid joga no terreno do Rayo Vallecano. Quanto ao Valência, joga na quinta-feira em Bilbao, frente ao Athletic.


Lusa
  • "Quem não deve não teme"

    Football Leaks

    O futebolista português Cristiano Ronaldo, questionado sobre a sua alegada fuga ao fisco veiculada pela investigação "Football Leaks", disse que "quem não deve não teme", numa reação difundida esta quinta-feira pela rádio espanhola Onda Cero.

  • Hospitais já registam picos de afluência apesar de casos de gripe serem ainda poucos
    2:13

    País

    A gripe ainda não chegou em força, mas nos últimos dias foram vários os hospitais com grande afluências de doentes, sobretudo idosos e com infeções respiratórias. Em alguns dias desta semana o número de doentes disparou para mais de 600, como disse à SIC o presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra.

  • Cerca de 150 civis doentes retirados de Alepo

    Mundo

    Cerca de 150 civis, a maioria doentes ou deficientes, foram retirados na noite de quarta-feira para quinta-feira de um centro de saúde de Aleppo, na parte mais antiga da cidade tomada pelo exército sírio, anunciou a Cruz Vermelha internacional.