sicnot

Perfil

Desporto

Carlos Sá manteve 13º lugar na Maratona das Areias na terceira etapa

Carlos Sá manteve-se esta terça-feira no 13.º lugar na Maratona das Areias, ao terminar os 36,7 quilómetros da terceira etapa da corrida marroquina na 13.º posição, em 3:27.08 horas, mais 33.31 minutos do que o vencedor.

O ultramaratonista português, natural de Barcelos, permaneceu na 13.ª posição da classificação geral, agora a 1:35.47 horas do líder, o marroquino Rachid El Morabity, que hoje somou a sua terceira vitória em etapas. (Arquivo)

O ultramaratonista português, natural de Barcelos, permaneceu na 13.ª posição da classificação geral, agora a 1:35.47 horas do líder, o marroquino Rachid El Morabity, que hoje somou a sua terceira vitória em etapas. (Arquivo)

© Lucy Nicholson / Reuters

O ultramaratonista português, natural de Barcelos, permaneceu na 13.ª posição da classificação geral, agora a 1:35.47 horas do líder, o marroquino Rachid El Morabity, que hoje somou a sua terceira vitória em etapas.

Às 16:30, Ana Gonçalves (343.º lugar, a 2:46.44 horas) e Carla André (345.º, a 2:47.27) já tinham concluído a terceira tirada, sendo 339.ª e 342.ª na geral, a 8:41.48 e 8:56.34 horas do líder. Os outros quatro portugueses em prova ainda não tinham cruzado a meta.

Na quarta-feira, vai ser disputada a etapa 'rainha' da corrida de 250 quilómetros no deserto do Saara.
Lusa
  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.

  • "Facilitámos muito no lance do 5-1 e não pode ser"
    1:09

    Desporto

    No final do jogo, o treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, admitiu o domínio completo do Sporting durante todo o encontro. Já Jorge Jesus deixou elogios a Daniel Podence, que foi aposta para este jogo. O treinador do Sporting ficou satisfeito com a exibição mas não gostou de sofrer o golo de honra da equipa flaviense.