sicnot

Perfil

Desporto

Confederação Africana de Futebol apoia recandidatura de Blatter à FIFA

O presidente da Confederação Africana de Futebol (CAF), Issa Hayatou, reafirmou esta terça-feira que África apoia firmemente a recandidatura de Joseph Blatter à presidência, à qual também se candidata o português Luís Figo.

Além de Joseph Blatter, que se se recandidata a um quinto mandato, e de Luís Figo, concorrem às eleições da FIFA, agendadas para 29 de maio, Ali bin Al Hussein - vice-presidente do organismo para a Ásia - e Michel van Praag, presidente da federação holandesa. (Arquivo)

Além de Joseph Blatter, que se se recandidata a um quinto mandato, e de Luís Figo, concorrem às eleições da FIFA, agendadas para 29 de maio, Ali bin Al Hussein - vice-presidente do organismo para a Ásia - e Michel van Praag, presidente da federação holandesa. (Arquivo)

© Leonhard Foeger / Reuters

"O seu trabalho para com África fala por ele. Para nós é um homem de ação", afirmou Hayatou, no Cairo, na abertura da Assembleia-Geral da CAF.

Issa Hayatou lembrou que o Comité Executivo da CFA lançou, em setembro de 2014, uma moção de apoio à candidatura de Blatter, que se traduziu "numa exortação às 54 federações membro da CAF para garantir o voto em Blatter".

Além de Joseph Blatter, que se se recandidata a um quinto mandato, e de Luís Figo, concorrem às eleições da FIFA, agendadas para 29 de maio, Ali bin Al Hussein - vice-presidente do organismo para a Ásia - e Michel van Praag, presidente da federação holandesa.
Lusa
  • Luís Figo diz que a imagem da FIFA se tem degradado
    0:51

    Desporto

    Candidato à presidência da Fifa, Luís Figo disse, esta segunda-feira, que a imagem do organismo máximo do futebol mundial se tem degradado. Foram as declarações do ex-internacional português em campanha na capital do Egito. É no Cairo que estão os três candidatos em busca de apoios, já que é lá que decorre, esta terça-feira, o congresso da confederação de futebol africano.

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.