sicnot

Perfil

Desporto

Jogador dos Indiana Pacers esfaqueado em Nova Iorque

O extremo Chris Copeland, dos Indiana Pacers, foi hospitalizado em Nova Iorque, depois de ter sido esfaqueado enquanto saía de uma bar durante a madrugada, revelou hoje a equipa da Liga norte-americana de basquetebol (NBA).

John Minchillo

O jogador de 31 anos sofreu golpes no abdómen e no cotovelo e, de acordo com os Pacers, está internado no Hospital Bellevue em situação estável.

"Para já, ainda estamos à espera de mais informações sobre o que realmente aconteceu. Neste momento, os nossos pensamentos estão com o Chris", afirmou o presidente dos Indiana Pacers, Larry Bird.

De acordo com a imprensa desportiva, a mulher de Copeland também sofreu cortes nos braços e pernas e o alegado agressor foi detido pela polícia.

No local estavam também Pero Antic and Thabo Sefolosha, dos Atlanta Hawks, que acabaram igualmente detidos, mas por alegadamente terem dificultar a ação da polícia no local. A equipa em que os dois jogadores atuam ainda não se pronunciou sobre o incidente.

Lusa
  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.