sicnot

Perfil

Desporto

Croácia recorre de castigo de jogo à porta fechada

A Federação de Futebol da Croácia anunciou esta quinta-feira que vai recorrer do castigo de receber a Itália à porta fechada, imposto pela UEFA, devido ao comportamento racista dos seus adeptos na partida com a Noruega.

Após cinco jogos, a Croácia lidera o grupo H de qualificação para o Euro2016, com 13 pontos, mais dois do que a Itália, segunda classificada.

Após cinco jogos, a Croácia lidera o grupo H de qualificação para o Euro2016, com 13 pontos, mais dois do que a Itália, segunda classificada.

© Antonio Bronic / Reuters

"Serão perdas significativas de milhões [de euros] para o turismo e para a cidade de Split, assim como para o futebol", disse o presidente da federação, Davor Suker, em comunicado.

Na quarta-feira, o Comité de Controlo, Ética e Disciplina da UEFA castigou a Croácia com um jogo à porta fechada, justificando o castigo com os insultos dirigidos ao avançado italiano Mario Balotelli e por terem atirado uma banana para o relvado.

Além do jogo de suspensão, a federação croata foi também multada em 50 mil euros devido ao lançamento de objetos e tochas para o terreno de jogo.

Após cinco jogos, a Croácia lidera o grupo H de qualificação para o Euro2016, com 13 pontos, mais dois do que a Itália, segunda classificada.
Lusa
  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.