sicnot

Perfil

Desporto

Ibrahimovic suspenso por quatro jogos por palavras anti-França

A Comissão de Disciplina da Liga Francesa de Futebol (LFP) puniu esta quinta-feira com quatro jogos de suspensão o avançado sueco Zlatan Ibrahimovic, do Paris Saint-Germain, por este ter classificado a França como "um país de m...".

O avançado sueco do PSG, que mais tarde pediu desculpas pelas palavras ditas "a quente", vai falhar os jogos com Nice, Lille, Metz e Nantes, da Liga francesa, mas poderá defrontar o Bastia, na final da Taça da Liga, marcada para sábado. (Arquivo)

O avançado sueco do PSG, que mais tarde pediu desculpas pelas palavras ditas "a quente", vai falhar os jogos com Nice, Lille, Metz e Nantes, da Liga francesa, mas poderá defrontar o Bastia, na final da Taça da Liga, marcada para sábado. (Arquivo)

Claude Paris / AP

O presidente da comissão, Sebastien Deneux, considerou "rude e insultuosas" as palavras de Ibrahimovic, após a derrota do PSG frente ao Bordéus, por 3-2, a 15 de março.

"Em 15 anos, nunca tinha assistido a uma arbitragem tão má, neste país de m... não merece o PSG", afirmou, na altura, o internacional sueco, que hoje falhou a presença na audição disciplinar, fazendo-se representar por um advogado e dois dirigentes do clube.

O avançado sueco do PSG, que mais tarde pediu desculpas pelas palavras ditas "a quente", vai falhar os jogos com Nice, Lille, Metz e Nantes, da Liga francesa, mas poderá defrontar o Bastia, na final da Taça da Liga, marcada para sábado.

Na altura, o sindicato dos árbitros de futebol de elite já se manifestou indignado pelas declarações do internacional sueco, considerando que "há limites que ninguém pode ultrapassar".

No domingo à noite, o jogador emitiu um comunicado no qual garantia que só estava a falar de futebol e não do país e pedia desculpa "às pessoas que se sentiram ofendidas".

O ministro do Desporto francês, Patrick Kanner, considerou que as desculpas do jogador são insuficientes.

"Teve um erro e não pediu desculpa aos árbitros, que devem estar preservados. Caso contrário, abre-se um caminho perigoso", disse Kanner.

A líder da Frente Nacional, Marine Le Pen, defendeu que Zlatan Ibrahimovic devia abandonar França devido aos "comentários insultuosos" depois da derrota em Bordéus.
Lusa
  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Jane Goodall iniciou palestra com sons semelhantes aos dos chimpanzés
    2:18

    País

    A investigadora Jane Goodall esteve esta quinta-feira em Lisboa para participar numa conferência da National Geographic. A primatóloga começou o seu discurso com sons semelhantes aos dos chimpanzés. Numa entrevista à SIC, Goodall falou sobre os chimpanzés e sobre o trabalho que continua a desenvolver em todo o mundo, em prol do ambiente, dos animais e das pessoas. 

  • NATO vai aumentar luta contra o terrorismo

    Mundo

    O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse que os aliados da NATO concordaram esta quinta-feira em aumentar a luta contra o terrorismo e em "investir mais e melhor" na Aliança.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.