sicnot

Perfil

Desporto

Belenenses vence em Arouca e fica a um ponto do quinto lugar da Liga

O Belenenses venceu esta sexta-feira, fora, o Arouca, por 1-0, no jogo de abertura da 28.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, e colocou-se, provisoriamente, a um ponto do Vitória de Guimarães, quinto classificado.

Um golo do médio português Pelé (na imagem, à direita), aos 53 minutos, de grande penalidade, permitiu aos 'azuis', sextos classificados, passar a somar 42 pontos, menos um do Vitória de Guimarães, que ocupa um lugar de acesso à Liga Europa, e mais quatro do que o Paços de Ferreira, que tal como os vimaranenses, tem menos um jogo.

Um golo do médio português Pelé (na imagem, à direita), aos 53 minutos, de grande penalidade, permitiu aos 'azuis', sextos classificados, passar a somar 42 pontos, menos um do Vitória de Guimarães, que ocupa um lugar de acesso à Liga Europa, e mais quatro do que o Paços de Ferreira, que tal como os vimaranenses, tem menos um jogo.

Lusa

Um golo do médio português Pelé, aos 53 minutos, de grande penalidade, permitiu aos 'azuis', sextos classificados, passar a somar 42 pontos, menos um do Vitória de Guimarães, que ocupa um lugar de acesso à Liga Europa, e mais quatro do que o Paços de Ferreira, que tal como os vimaranenses, tem menos um jogo.

O Arouca mantém-se na 16.ª posição, com 23 pontos, quatro acima da zona de despromoção, na qual estão Gil Vicente (19) e Penafiel (18).
Lusa
  • Trabalharia horas extra sem ser pago? E feriados?  
    1:25
  • UE dá "luz verde" para início das negociações do Brexit

    Brexit

    Os 27 Estados-membros da União Europeia aprovaram esta segunda-feira a autorização para o início das negociações do Brexit, indicando formalmente o final de junho para início do processo de saída do Reino Unido, que se prolongará por dois anos.

  • Regras secretas do Facebook permitem divulgação de imagens violentas

    Mundo

    A política interna da empresa Facebook defende que nem todos os vídeos violentos publicados na rede social devem ser apagados porque "não quer censurar ou punir pessoas em perigo". A revelação é feita pelo jornal britânico The Guardian após uma investigação em que conseguiu ter acesso ao manual interno.