sicnot

Perfil

Desporto

Cristiano Ronaldo foi despenalizado e pode defrontar Eibar no sábado

O Comité de Competições da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) deu hoje provimento ao pedido do Real Madrid e anulou o cartão amarelo que Cristiano Ronaldo viu no jogo de quarta-feira frente ao Rayo Vallecano.

© Juan Medina / Reuters

De acordo com o sítio oficial dos 'merengues' na Internet, este órgão federativo decidiu "deixar sem efeitos disciplinares a admoestação arbitral imposta ao jogador", que teria de cumprir um jogo de castigo, por completar uma série de cartões amarelos.

 

Com esta decisão, o internacional português vai poder defrontar o Eibar, no sábado, em jogo da 31.ª jornada da Liga espanhola.

 

Cristiano Ronaldo viu o quinto cartão amarelo aos 51 minutos do jogo que o Real Madrid venceu por 2-0, num momento em que o resultado ainda se mantinha num 'nulo', e o árbitro entendeu que o jogador simulou um penálti.

 

No final do jogo, em que o internacional luso inaugurou o marcador aos 68 minutos, marcando o seu 300.º golo pelo Real Madrid, Carlo Ancelotti considerou "incrível" o árbitro não ter assinalado a grande penalidade.


Lusa

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John Mccain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06
  • Menos casos de sida em Portugal
    1:44