sicnot

Perfil

Desporto

Filipe Lima segue em segundo no Open do Quénia de golfe

Filipe Lima ocupa a segunda posição no Open do Quénia, após a segunda volta ao campo do clube de golfe de Nairobi, liderando um quarteto de portugueses que passaram hoje o cut do torneio do Challenge Tour.

© Rafael Marchante / Reuters

No seu regresso à competição, após sete meses de paragem, devido a uma operação às costas, Filipe Lima perdeu a liderança, estando a duas pancadas do sul-africano Haydn Porteous, com um agregado de 131 shots (11 abaixo do par).

O português, de 33 anos e que já venceu um torneio do circuito europeu e três do Challenge Tour, o último em 2009, entregou hoje um cartão de 69 pancadas (três abaixo do par).

Ricardo Melo Gouveia conseguiu subir 18 posições e é agora um dos 14.os classificados, com um total de 138 pancadas (seis abaixo do par), depois de ter concluído a segunda ronda com 68 (-4).

Apesar de ter perdido 24 posições, João Carlota também garantiu a presença nas duas últimas rondas e está entre os 32.os, com um total de 140 pancadas (quatro abaixo do par).

Uma das melhores prestações do dia entre os portugueses foi a de Pedro Figueiredo, que recuperou 52 posições, ocupando o 43.º lugar, com 141 shots (três abaixo do par).

Lusa

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".