sicnot

Perfil

Desporto

Espanhol Velasco Carballo arbitra FC Porto-Bayern Munique

O árbitro espanhol Carlos Velasco Carballo vai dirigir o jogo entre o FC Porto e os alemães do Bayern Munique, da primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões em futebol, anunciou esta segunda-feira a UEFA.

Carballo, de 44 anos, será um dos muitos espanhóis presentes na quarta-feira, no Estádio do Dragão, uma vez que as duas equipas têm vários jogadores espanhóis e são treinadas por compatriotas do árbitro madrileno: Julen Lopetegui, no FC Porto, e Pep Guardiola, no Bayern. (Arquivo)

Carballo, de 44 anos, será um dos muitos espanhóis presentes na quarta-feira, no Estádio do Dragão, uma vez que as duas equipas têm vários jogadores espanhóis e são treinadas por compatriotas do árbitro madrileno: Julen Lopetegui, no FC Porto, e Pep Guardiola, no Bayern. (Arquivo)

Geert Vanden Wijngaert / AP

Carballo, de 44 anos, será um dos muitos espanhóis presentes na quarta-feira, no Estádio do Dragão, uma vez que as duas equipas têm vários jogadores espanhóis e são treinadas por compatriotas do árbitro madrileno: Julen Lopetegui, no FC Porto, e Pep Guardiola, no Bayern.

O espanhol, internacional desde 2008 e que esteve presente no Mundial de 2014, no Brasil, foi o árbitro da final da Liga Europa da época 2010/2011, na qual o clube portuense venceu na final o Sporting de Braga, por 1-0.

Carballo vai dirigir o quinto encontro nesta época na Liga dos Campeões no estádio do FC Porto, onde já esteve na temporada 2011/2012, no jogo com o Zenit São Petersburgo, que terminou empatado 0-0 e qualificou os russos para os oitavos de final da 'Champions' e relegou os portugueses para a Liga Europa.

A UEFA informou também que o encontro entre Paris-Saint-Germain e o FC Barcelona, igualmente da primeira mão dos 'quartos' da Liga dos Campeões, vai ser dirigido pelo árbitro inglês Mark Clattenburg.
  • "Dia 25 de Abril é o dia para o Jardim Mário Soares"
    0:55

    País

    O dia da Liberdade foi também assinalado com a inauguração do Jardim Mário Soares, em Lisboa. A obra de requalificação da zona sul do Jardim do Campo Grande demorou cerca de dois anos e teve um custo de 1,2 milhões de euros. Além da plantação de novas árvores, o espaço conta com novos caminhos pedonais e mais iluminação. A cerimónia de inauguração contou com a presença dos do primeiro-ministro e dos presidentes da República, da Assembleia da República e da Câmara de Lisboa. Para Marcelo Rebelo de Sousa, inaugurar este jardim neste dia foi uma ideia perfeita da Câmara de Lisboa.

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17