sicnot

Perfil

Desporto

PSG apela ao Comité Olímpico francês no castigo de Ibrahimovic

O Paris Saint-Germain anunciou hoje que vai recorrer ao Comité Nacional Olímpico e Desportivo francês (CNOSF) para reduzir a suspensão de quatro jogos aplicada a Zlatan Ibrahimovic pela Comissão de Disciplina da Liga Francesa de Futebol.

A 9 de abril, a Comissão de Disciplina da Liga Francesa de Futebol (LFP) puniu com quatro jogos de suspensão o avançado sueco por este ter classificado a França como "um país de m...", após a derrota do PSG frente ao Bordéus, por 3-2, a 15 de março. (Arquivo)

A 9 de abril, a Comissão de Disciplina da Liga Francesa de Futebol (LFP) puniu com quatro jogos de suspensão o avançado sueco por este ter classificado a França como "um país de m...", após a derrota do PSG frente ao Bordéus, por 3-2, a 15 de março. (Arquivo)

© Charles Platiau / Reuters

A 9 de abril, a Comissão de Disciplina da Liga Francesa de Futebol (LFP) puniu com quatro jogos de suspensão o avançado sueco por este ter classificado a França como "um país de m...", após a derrota do PSG frente ao Bordéus, por 3-2, a 15 de março.

Hoje, fonte do clube francês confirmou à agência AFP que vai apelar à mais alta entidade desportiva francesa, de modo a reduzir o castigo aplicado a Zlatan Ibrahimovic. 

Caso o CNOSF decida, rapidamente, nomear um mediador, o castigo de 'Ibra' pode ser suspenso, com o futebolista sueco a regressar aos relvados até ser conhecida a decisão final.

O mediador pode optar por confirmar a sanção da Comissão de Disciplina da LFP, propor uma pena diferente ou encaminhar o jogador para uma comissão disciplinar.

Aquando do castigo, Zlatan Ibrahimovic classificou de "farsa" e "ridículo" o castigo de quatro jogos de suspensão: "Estou feliz porque isso só prova aquilo que eu disse. Agora, as pessoas podem ver por si mesmas, com os seus próprios olhos. Toda esta situação tornou-se uma farsa, ridícula e pouco profissional".
Lusa
  • Porque pediu desculpa Ibrahimovic?
    1:54

    Desporto

    Zlatan Ibrahimovic já pediu desculpas a quem se sentiu ofendido. O sueco do Paris Sain Germain está no centro de uma polémica em França por causa do que disse a seguir à derrota em Bordéus. Palavras que levaram até a reacções políticas.

  • UEFA suspende Zlatan Ibrahimovic por um jogo

    Desporto

    O Comité Disciplinar da UEFA suspendeu esta quinta-feira, por um jogo, o avançado sueco Zlatan Ibrahimovic, do Paris Saint-Germain, expulso na segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, frente ao Chelsea.

  • Quatro jogos de castigo para Ibrahimovic
    1:07

    Desporto

    Zlatan Ibrahimovic foi punido com quatro jogos de castigo por ter insultado a equipa de arbitragem e afirmado que a França não merece um clube como o Paris Saint-Germain. Apesar do pedido de desculpas, o avançado sueco não se livrou da suspensão.

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.