sicnot

Perfil

Desporto

Imprensa internacional destaca que erros do Bayern ditam surpresa no Dragão

A imprensa internacional destaca esta quarta-feira que o FC Porto soube aproveitar os "graves erros defensivos" do Bayern Munique para vencer por 3-1 no Dragão, na primeira mão dos `quartos´ da Liga dos Campeões em futebol.

Jackson Martínez, que regressou à competição e à titularidade cinco semanas após se ter lesionado, fez o último golo do triunfo azul e branco.

Jackson Martínez, que regressou à competição e à titularidade cinco semanas após se ter lesionado, fez o último golo do triunfo azul e branco.

© Rafael Marchante / Reuters

Segunda o diário madrileno Marca, a formação lusa "castigou os graves erros defensivos" da formação bávara e deixou a equipa de Pep Guardiola "contra as cordas".

"Um Bayern sem defesa", titula a Marca, que faz ainda referência ao "duplo erro" do árbitro espanhol Velasco Carballo no lance do primeiro golo, ao não assinalar falta de Jackson sobre Xabi Alonso e não mostrar, depois de deixar jogar, o vermelho a Neuer, que carregou o colombiano.

Por seu lado, o também madrileno AS frisa que Quaresma e Jackson aproveitaram as "ofertas" do Bayern e lembra que "Danilo e Alex Sandro estão fora do jogo da segunda mão". 

Da Catalunha, o Sport diz que o FC Porto "aproveitou as ofertas do Bayern" para conseguir uma "grande surpresa" e "complicar a eliminatória para os de Guardiola".

O francês L'Equipe afirma que o "FC Porto conseguiu uma surpresa, ao vencer o Bayern por 3-1, com uma prestação coletiva notável", dando uma "lição" a uma formação alemã "diminuída e 'febril' defensivamente".

De Itália, a Gazzetta dello Sport lembra os "desastres em série" do Bayern e destaca um "super Quaresma", em alusão à exibição do ex-jogador do Inter de Milão, que 'bisou'.

O diário desportivo italiano destaca ainda os "erros gritantes de Xabi Alonso, Dante e Boateng", nos três tentos, mas lembra que o "golo de Thiago Alcantara deixa qualificação (do Bayern Munique) em aberto".

Na mesma linha, a inglesa BBC diz que "três erros defensivos do Bayern" selaram o triunfo do FC Porto, que "não está nas meias-finais desde 2004", perante uma formação germânica que "perdeu a invencibilidade em Portugal".

Também incisivo, o alemão Bild é claro: "Bayern oferece três golos ao FC Porto", titula, questionando se os bávaros serão capazes de recuperar na segunda mão.

O colombiano El Tiempo destaca por seu lado o 'seu' compatriota Jackson Martinez, lembrando que "marcou o terceiro golo e esteve na origem na grande penalidade que deu origem ao primeiro".
Lusa
  • Celebridades protestam contra Donald Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os discursos de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa estiveram no Jornal da Noite da SIC, onde analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O Diretor de Informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Encontrados dez sobreviventes no hotel engolido por um avalanche em Itália
    1:44
  • Videoclipe mostra mulheres a fazer tudo o que é proibido na Arábia Saudita
    1:55

    Mundo

    Um grupo de mulheres canta, dança e faz outras coisas proibidas na Arábia Saudita como forma de protesto. O vídeo é uma crítica social à forma como as mulheres islâmicas são tratadas pelos maridos. Na letra constam frases como "Faz com que os homens desapareçam da terra" e "Eles provocam-nos doenças psicológicas". A ideia partiu de um homem, Majed al-Esa e já conta com 5 milhões de visualizações.

    Patrícia Almeida