sicnot

Perfil

Desporto

Associação Europeia de Atletismo surpreendida com atribuição de Mundiais aos EUA

O presidente da Associação Europeia de Atletismo (AEA), o norueguês Svein Arne Hansen, mostrou-se hoje surpreendido com a atribuição da organização dos Mundiais atletismo de 2021 à cidade norte-americana de Eugene.

O atletismo sofreu em meados de julho um grande abalo, com o anúncio  de controlos positivos aos velocistas Tyson Gay e Asafa Powel e a Veronica  Campbell-Brown(na foto, à esquerda) (Reuters/ Arquivo)

O atletismo sofreu em meados de julho um grande abalo, com o anúncio  de controlos positivos aos velocistas Tyson Gay e Asafa Powel e a Veronica  Campbell-Brown(na foto, à esquerda) (Reuters/ Arquivo)

© Gary Hershorn / Reuters

"Gostaria de felicitar a federação dos Estados Unidos e Vin Lananna, que liderou o projeto de Eugene, mas devo dizer que estou surpreendido pela inexistência de um processo de eleição", disse Hansen, em comunicado.

A Federação Internacional de Atletismo (IAAF) atribui, por escolha direta, à cidade norte-americana de Eugene, no estado de Oregon, a organização dos Mundiais de atletismo de 2021, competição que se realizará pela primeira vez nos Estados Unidos.

"A IAAF sabia que a Gotemburgo era uma séria candidata aos Mundiais de 2021. A federação sueca e a cidade trabalharam muito neste anos para a candidatura, e nem sequer tiveram oportunidade de a apresentar", refere o comunicado de Svein Arne Hansen, que foi eleito no sábado para a presidência da AEA.

O dirigente acrescenta que a escolha de Eugene "não é uma boa notícia para o desenvolvimento do atletismo no continente europeu" e manifesta a esperança de que a competição regresse ao "velho continente" em 2023.

A decisão de entregar a competição sem o habitual processo de candidatura não é inédita, tendo já ocorrido aquando da escolha de Osaka, no Japão, para os Mundiais de 2007.

A maior competição mundial de atletismo, que se realizou pela primeira vez em 1983, em Helsínquia, vai ser disputada este ano em Pequim, na quarta ocasião organizada fora da Europa, depois das competições realizadas no Japão e no Canadá.

Em 2017, os Mundiais vão ser organizados em Londres.

Lusa
  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.