sicnot

Perfil

Desporto

Michael Phelps regressa à competição com melhor tempo em eliminatórias nos EUA

O nadador norte-americano Michael Phelps, ganhador de 22 medalhas olímpicas, regressou esta quinta-feira à competição, alcançando o melhor tempo nas eliminatórias da prova de 100 metros mariposa das `Pro Swim Series´, em Mesa, nos Estados Unidos.

Após cumprir seis meses de suspensão com que foi sancionado em outubro depois de ter sido detido por conduzir sob o efeito do álcool, Phelps regressou à competição com uma marca de 52,92 segundos na prova. (Arquivo)

Após cumprir seis meses de suspensão com que foi sancionado em outubro depois de ter sido detido por conduzir sob o efeito do álcool, Phelps regressou à competição com uma marca de 52,92 segundos na prova. (Arquivo)

© USA Today Sports / Reuters

Após cumprir seis meses de suspensão com que foi sancionado em outubro depois de ter sido detido por conduzir sob o efeito do álcool, Phelps regressou à competição com uma marca de 52,92 segundos na prova.

"Foi bonito regressar, porque a espera foi longa. Estava verdadeiramente ávido de voltar à água", comentou o nadador.

Phelps admitiu ainda pela primeira vez o seu desejo de participar nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016.

O múltiplo campeão olímpico foi preso a 30 de setembro do ano passado no seu estado natal, Maryland, e acusado de conduzir sob a influência de álcool.

Tratou-se da segunda vez que Phelps foi preso com esta acusação -- a primeira foi aos 19 anos, pouco depois de ter conquistado oito medalhas em Atenas2004 (seis ouros, dois bronzes).

O norte-americano, que colecionou 18 ouros olímpicos, retirou-se da competição depois de Londres2012, mas regressou aos treinos no início deste ano.
Lusa
  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11