sicnot

Perfil

Desporto

Quaresma e Jackson Martínez na equipa ideal da UEFA

Ricardo Quaresma e Jackson Martinez, jogadores em destaque no triunfo do FC Porto sobre o Bayern Munique (3-1), integram a equipa ideal da UEFA, após a primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões de futebol.

No Estádio do Dragão, o internacional português Quaresma bisou aos três minutos, de grande penalidade, e aos 10, enquanto o colombiano Jackson Martinez, que regressou após lesão, reforçou a vantagem dos portistas na eliminatória, aos 65.

No Estádio do Dragão, o internacional português Quaresma bisou aos três minutos, de grande penalidade, e aos 10, enquanto o colombiano Jackson Martinez, que regressou após lesão, reforçou a vantagem dos portistas na eliminatória, aos 65.

© Miguel Vidal / Reuters

No Estádio do Dragão, o internacional português Quaresma bisou aos três minutos, de grande penalidade, e aos 10, enquanto o colombiano Jackson Martinez, que regressou após lesão, reforçou a vantagem dos portistas na eliminatória, aos 65.

O Atlético Madrid, que empatou a zero na receção ao Real Madrid, 'cede' três jogadores à equipa ideal da UEFA, assim como o FC Barcelona, que foi à capital francesa bater o Paris Saint-Germain, por 3-1.

Do lado dos 'colchoneros', o organismo que rege o futebol europeu destaca o guarda-redes Oblak, ex-Benfica, e os defesas Godin e Siqueira, este último também antigo jogador do clube da Luz. Quanto aos catalães, Suárez, que bisou em Paris, aparece no `onze´, assim como Mascherano e Busquets.

Sergio Ramos (Real Madrid), Arturo Vidal (Juventus) e Thiago Alcantara (Bayern Munique) completam a equipa ideal da UEFA depois da primeira mão dos 'quartos' da 'Champions'.

A segunda mão está agendada para 21 e 22 de abril.
Lusa
  • "Estão a gozar com os portugueses, esta abordagem tem de mudar"
    6:45

    Opinião

    José Gomes Ferreira acusa as autoridades e o poder político de continuarem a abordar o problema da origem dos fogos de uma forma que considera errada. Em entrevista, no Primeiro Jornal, o diretor adjunto da SIC, considera que a causa dos fogos "é alguém querer que a floresta arda". José Gomes Ferreira sublinha que não se aprendeu com os erros e que "estão a gozar com os portugueses".

    José Gomes Ferreira

  • "Os portugueses dispensam um chefe de Governo que lhes diz que isto vai acontecer outra vez"
    6:32

    Opinião

    Perante o cenário provocado pelos incêndios, os portugueses querem um chefe de Governo que lhes diga como é que uma tragédia não volta a repetir-se e não, como disse António Costa, que não tem uma fórmula mágica para resolver o problemas dos fogos florestais. A afirmação é de Bernardo Ferrão, da SIC, que questiona ainda a autoridade da ministra da Administração Interna para ir a um centro de operações, uma vez que é contestada por toda a gente.

  • Portugal precisa de "resultados em contra-relógio, após décadas de desordenamento florestal"
    1:18
  • Jornalista que denunciou corrupção do Governo de Malta morre em explosão

    Mundo

    A jornalista Daphne Caruana Galizia, que acusou o Governo de Malta de corrupção, morreu esta segunda-feira, numa explosão de carro. O ataque acontece duas semanas depois de a jornalista maltesa recorrer à polícia, para dizer que estava a receber ameaças de morte. A morte acontece quatro meses após a vitória do Partido Trabalhista de Joseph Muscat, nas eleições antecipadas pelo primeiro-ministro, após as alegações da jornalista, que o ligavam a si e à sua mulher ao escândalo dos Panama Papers. O casal negou as acusações de que teriam usado uma offshore para esconder pagamentos do Governo do Azerbaijão.