sicnot

Perfil

Desporto

Uma centena de atletas portugueses apurados para os Jogos Europeus

Portugal tem uma centena de atletas apurados para os Jogos Europeus, que decorrem em junho em Baku, número que ainda pode aumentar em função de possíveis desistências de outros países, anunciou hoje o Comité Olímpico de Portugal.

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

A centena foi atingida depois de uma recolocação de vagas ter permitido mais uma entrada no judo.

Os atletas portugueses, cujos nomes só serão conhecidos no final do mês, data-limite para as inscrições, vão competir em 14 da 20 modalidades do programa.

Portugal estará representado nas modalidades de badminton, canoagem, ciclismo, futebol de praia, ginástica, judo, karaté, lutas amadores, natação, taekwondo, ténis de mesa, tiro, tiro com armas de caça e triatlo.

No grupo de 20 modalidades, 16 integram o programa dos Jogos Olímpicos Rio2016 e em 12 destas os Jogos Europeus, que decorrem entre 12 e 28 de junho, serão de extrema importância para o apuramento olímpico, de forma direta ou indireta.

No caso do ténis de mesa, tiro e triatlo, os vencedores de cada uma das provas garante um lugar nos Jogos Olímpicos.

No atletismo, boxe, ciclismo, judo, lutas amadoras, natação, taekwondo, tiro com arco e voleibol, os atletas poderão obter pontos para as classificações mundiais que determinam o apuramento.

No âmbito dos Jogos Europeus, o judo e as lutas amadoras vão disputar em Baku os respetivos campeonatos europeus.

A competição, que deverá juntar cerca de 6.000 atletas de 50 países, é composta por 253 eventos, que decorrerão em 18 locais.

Lusa
  • Incêndio de Setúbal "quase dominado"
    4:04

    País

    O incêndio que deflagrou segunda-feira em Setúbal está "quase dominado", segundo informações da presidente da Câmara. Maria das Dores Meira diz que não há feridos a registar e que os habitantes já vão regressando a casa. Para ajudar no combate ao fogo foram enviados meios de Lisboa.

  • "Lancei um tema que os portugueses há muito queriam discutir"
    11:26
  • Danos Colaterais 
    18:55
    Reportagem Especial

    Reportagem Especial

    Jornal da Noite

    Nos últimos oito anos a banca perdeu 12 mil profissionais. A dimensão de despedimentos no setor é a segunda maior da economia portuguesa, só ultrapassada pela construção civil. A etapa mais complexa da história começou em 2008, com a nacionalização do BPN. Desde então, as saídas têm sido a regra. A reportagem especial desta terça-feira, "Danos Colaterais", dá voz aos despedidos da banca.