sicnot

Perfil

Desporto

Barcelona bate Valência, de Nuno Espírito Santo, por 2-0

Lionel Messi marcou este sábado o seu 400º golo pelo Barcelona, na vitória por 2-0 dos catalães frente ao Valência, que foi 'castigado' pelo excesso de oportunidades desperdiçadas, no jogo da 32.ª jornada da Liga espanhola de futebol.  

Com o triunfo por 2-0, o 'Barça' passa a somar 78 pontos, mais cinco do que o perseguidor Real Madrid, que hoje recebe o Málaga.

Com o triunfo por 2-0, o 'Barça' passa a somar 78 pontos, mais cinco do que o perseguidor Real Madrid, que hoje recebe o Málaga.

ANDREU DALMAU / Lusa

Ainda os adeptos se estavam a sentar nas bancadas do Camp Nou e Nuno Espírito Santo no banco do Valência e já Lionel Messi, numa espetacular arrancada de contra-ataque, servia Luis Suárez para o primeiro golo, decorridos que estavam meros 55 segundos. 

Apesar do 'golpe' prematuro, os visitantes, com André Gomes no 'onze', não esmoreceram e estiveram perto do empate: primeiro, aos 10 minutos, foi Daniel Parejo a desperdiçar uma grande penalidade, que acabou nas luvas de Claudio Bravo, depois foi Otamendi, ex-FC Porto, aos 14 minutos a ver um cabeceamento sair ao lado do poste esquerdo da baliza do 'barça'.

O caudal ofensivo do Valência, claramente superior na primeira parte do jogo, não parou, com Paco Alcácer a ficar perto de igualar, aos 18 minutos, e novamente aos 33, quando a sua tentativa embateu no poste esquerdo, e aos 39, quando rematou por cima.

O golo dos valencianos não chegava, apesar dos erros defensivos somados, sobretudo, por Dani Alves e Piqué, e o 'barça' esteve mesmo perto de aumentar a vantagem, mas o seu remate, aos 40 minutos, saiu para fora.

A passagem pelos balneários 'acalmou' o Valência, que não foi capaz de manter a elevada pressão sobre um Barcelona mais cauteloso que espetacular, que teve como melhor oportunidade um livre de Messi, que acertou em cheio na trave, aos 65 minutos.

Dez minutos depois, a equipa de Nuno Espírito Santo, já com João Cancelo em campo, esteve perto de fazer justiça no resultado, mas Claudio Bravo negou o golo ao ex-benfiquista Rodrigo. 

Perto do final, Pedro esteve perto do 2-0, mas o seu remate foi defendido por Diego Alves. Já com o tempo de compensação ultrapassado, a 'estrela' argentina do Barcelona recebeu uma bola perdida e correu mais de meio-campo para, frente a frente com o guarda-redes valenciano, tentar o chapéu, defendido por Alves, e na recarga, fechar o encontro com o seu 400.º golo pelo emblema 'culé.

Com o triunfo por 2-0, o 'barça' passa a somar 78 pontos, mais cinco do que o perseguidor Real Madrid, que hoje recebe o Málaga.

Já o Valência, quarto com 65 pontos, pode ser igualado pelo Sevilha, que tem menos três, mas no domingo visita o Granada, em jogo da 32.ª jornada. 
Lusa
  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.