sicnot

Perfil

Desporto

Thomas Tuchel vai suceder a Jurgen Klopp como treinador do Borussia Dortmund

O alemão Thomas Tuchel, antigo treinador do Mainz, vai suceder a Jurgen Klopp no comando técnico do Borussia Dortmund, anunciou este domingo o clube oito vezes campeão da Liga alemã de futebol.

O antigo defesa do Estugarda Kickers e do Ulm iniciou a sua carreira de treinador na formação de Estugarda, Augsburgo e Mainz, tendo assumido, no início da época 2009/10, a equipa principal do Mainz, tendo como maior feito o quinto lugar na Bundesliga na segunda temporada. (Arquivo)

O antigo defesa do Estugarda Kickers e do Ulm iniciou a sua carreira de treinador na formação de Estugarda, Augsburgo e Mainz, tendo assumido, no início da época 2009/10, a equipa principal do Mainz, tendo como maior feito o quinto lugar na Bundesliga na segunda temporada. (Arquivo)

Matthias Schrader / AP

"Thomas Tuchel vai ser o treinador do Borussia Dortmund a partir de 1 de julho de 2015. O técnico de 41 anos assinou um contrato válido por três anos. A chegada ao Borussia Dortmund de Thomas Tuchel vai ocorrer uma semana depois do fim da temporada. Até essa altura, nenhum dos envolvidos vai fazer qualquer comentário", lê-se no sítio oficial do clube na Internet.

O antigo defesa do Estugarda Kickers e do Ulm iniciou a sua carreira de treinador na formação de Estugarda, Augsburgo e Mainz, tendo assumido, no início da época 2009/10, a equipa principal do Mainz, tendo como maior feito o quinto lugar na Bundesliga na segunda temporada.

Na quarta-feira, Jurgen Klopp anunciou que vai abandonar o Borussia Dortmund no final da temporada, apesar de ter contrato até 2018.

O técnico germânico, de 47 anos, pegou na equipa em 2008, numa altura em que o clube passava por uma grave crise financeira, e conquistou dois títulos de campeão (2010/11 e 2011/12) e uma Taça da Alemanha (2011/12), tornando-se no primeiro treinador da história do Borussia a conquistar o campeonato e taça na mesma temporada.

Em 2013, Klopp apurou o Dortmund para a final da Liga dos Campeões, tendo na altura perdido para o Bayern Munique, no Estádio de Wembley, em Londres.

O antigo avançado, que fez grande parte sua carreira no Mainz, clube em que depois iniciou a carreira de treinador, abandona Dortmund também com duas Supertaças germânicas no currículo (2013 e 2014), dois segundos lugares na Bundesliga (2012/13 e 2013/14) e uma final da Taça da Alemanha em que saiu derrotado (2013/14).

Esta temporada, o Borussia Dortmund está a fazer um percurso bastante irregular, tendo já mesmo ocupado o último lugar da Bundesliga. Atualmente, segue na oitava posição da prova, a cinco pontos dos lugares de acesso às competições europeias.
  • Sessão solene no Parlamento e desfile popular nas comemorações do 25 de Abril

    País

    Os 43 anos da Revolução dos Cravos são hoje comemorados com a sessão solene no Parlamento e o tradicional desfile popular, tendo o Presidente da República escolhido o 25 de Abril para condecorar, a título póstumo, Francisco Sá Carneiro. A SIC Notícias acompanha esta manhã a sessão solene na Assembleia da República. Veja aqui em direto.

  • Desconhecem-se as causas do incêndio na fábrica da Tratolixo
    0:43

    País

    Os moradores de Trajouce, em São Domingos de Rana, não ganharam para o susto com um incêndio nas instalações da empresa de resíduos Tratolixo.O alerta foi dado por populares e trabalhadores da empresa. O vento foi o maior problema dos bombeiros no combate às chamas durante a noite. No local estiveram 133 homens, apoiados por 51 viaturas.Desconhecem-se para já as causas do incêndio. O incêndio foi circunscrito de madrugada, mas pode demorar algumas horas a ser dominado.

  • ASAE encerra em média um restaurante por dia
    1:33
  • Duas execução no mesmo dia pela primeira vez em 17 anos nos EUA

    Mundo

    O estado norte-americano do Arkansas (sul) executou, na noite de segunda-feira, dois condenados à morte, o que sucede pela primeira vez em 17 anos no país, anunciou a procuradora-geral daquele estado. Jack Jones e Marcel Williams, condenados separadamente na década de 1990 à pena capital por violação e assassínio, receberam uma injeção letal depois de diferentes tribunais terem rejeitado os respetivos recursos, afirmou Leslie Rutledge, em comunicado.