sicnot

Perfil

Desporto

Chris Smalling prolonga contrato com Manchester United até 2019

O defesa internacional inglês Chris Smalling, de 25 anos, prolongou contrato com o Manchester United até 2019, anunciou hoje o clube da primeira liga inglesa de futebol.

© Action Images / Reuters

Smalling, proveniente do Fulham, em 2010, por 13,9 milhões de euros e cujo contrato terminava em 2016, tem-se afirmado esta época como um dos titulares da equipa treinada pelo holandês Louis van Gaal.

"O Chris melhorou e cresceu bastante neste pequeno período desde que estou no clube e tornou-se uma parte integrante da primeira equipa", justificou Van Gaal, em declarações ao sítio oficial do Manchester United na internet.

Esta época, entre campeonato e Taça de Inglaterra, o central disputou 24 jogos, dos quais 20 como titular, e marcou quatro golos na liga.

Com a possibilidade de jogar também no lado direito da defesa, Smalling esteve durante algum tempo 'tapado' no clube, devido a Rio Ferdinand e Nemanja Vidic, jogadores que saíram na última época.

"Estou felicíssimo por assinar um novo contrato, tenho muito orgulho de jogar por um clube tão bom", assinalou o jogador.


Lusa
  • Debate quinzenal com o primeiro-ministro

    País

    A situação económica e financeira foi o tema escolhido pelo Governo, mas a polémica da descida da Taxa Social Única dominará certamente a discussão na Assembleia da República. Veja aqui em direto e participe no Minuto a Minuto Parlamento Global/SIC.

    Direto

  • MIT quer humanos a ajudar máquinas a decidir (quem morre)

    Mundo

    A "Máquina Moral" é uma plataforma online que recolhe a perspetiva humana em decisões que terão de ser tomadas por uma máquina. Por exemplo, quando um carro sem condutor se depara com o dilema do mal menor: em quem acertar - para evitar outros - num acidente de viação.

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.