sicnot

Perfil

Desporto

Dores no joelho direito e gémeos afastam Sara Moreira de Londres

Dores no joelho direito e nos gémeos ditaram o afastamento de Sara Moreira da maratona de Londres, no domingo, porém a atleta espera recuperar para competir em Praga na semana seguinte.

© Laszlo Balogh / Reuters

"Tenho dores em dois sítios. No joelho direito e nos gémeos da perna contrária. Com os gémeos trata-se de um reflexo de defesa do (problema no) joelho. O joelho já me vinha a chatear há alguns dias e foi-se agravando a dor. Como defesa, comecei a ter dores também no gémeo, mas o maior problema é mesmo do joelho", explicou.

Em declarações à Lusa, a atleta revela que "só hoje" vai ser avaliada pelo departamento médico da federação de atletismo, mas assume que a decisão foi tomada pela forma como se sente, já que não consegue correr "mais de meia hora a 40 minutos".

"Apesar de achar que não é nada grave, não fazia sentido não conseguir correr na semana da competição e arriscar correr a distância da maratona. Não são cinco ou 10 quilómetros. A decisão foi tomada independentemente de saber do diagnóstico, pois não consigo correr o tempo de prova. Não faria sentido arriscar", vincou.

Sara Moreira assume a "frustração" de não poder competir em Londres, porém espera que "não seja nada de grave e recupere a tempo de disputar outra maratona na semana seguinte, a 03 de maio em Praga".

"Londres é impossível porque não consigo correr muito tempo e estamos a cinco dias da competição. Não iria arriscar sem estar completamente nas melhores condições. Se evoluir e começar a correr normalmente, a preparação está feita e tentarei Praga", reforçou.

O seu treinador, o marido Pedro Ribeiro, que também é atleta, vai competir em Londres "como estava programado".

Lusa
  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55

    Football Leaks

    Com o escândalo dos agentes de futebol a dar que falar, o Expresso revela este sábado os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa. O nome da empresa de que é administrador, a Energy Soccer, surge na investigação em transferências de jogadores que envolvem o Futebol Clube do Porto num conflito de interesses.

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47