sicnot

Perfil

Desporto

Benfica-FC Porto com casa cheia após venda dos últimos 500 bilhetes

O Benfica anunciou hoje que os bilhetes para o 'clássico' de domingo, com o FC Porto (17:00), no Estádio da Luz, da 30.ª jornada da I Liga de futebol, estão esgotados, esperando-se casa cheia.

© Regis Duvignau / Reuters

"Já não há bilhetes para o clássico de domingo, referente à 30.ª jornada", revelou o clube 'encarnado' no seu sítio oficial, em alusão aos restantes 500 bilhetes que hoje de manhã tinham sido colocados à venda.

O jogo de domingo deverá, assim, registar a maior enchente da época, num jogo em que o FC Porto tem direito a pouco mais de 3.000 bilhetes, correspondentes aos cinco por cento destinados ao clube visitante e que também hoje esgotaram nas bilheteiras do Estádio do Dragão.

Nas assistências da I Liga o jogo com mais adeptos foi o dérbi entre Benfica e Sporting, à terceira jornada (1-1), com 61.895 adeptos no Estádio da Luz.

Não é previsível que o estádio tenha todos os lugares ocupados no domingo, pouco mais de 65.000 lugares, devido a questões de segurança, mas é possível que o número supere o que se verificou no jogo com o Sporting.

Ao Benfica, clube que tem o estádio com maior capacidade no país, pertencem as três melhores assistências da época, nas receções a Sporting (61.895), Sporting de Braga (60.222) e Académica (56.197).

O jogo de domingo tem o aliciante, além de ser um clássico, de ser crucial na luta pelo título: a cinco jornadas do final o Benfica (74) lidera com mais três pontos do que o FC Porto (71) e com a vantagem de ter vencido no Dragão por 2-0.

O portuense Jorge Sousa será o árbitro do encontro, cujo início está agendado para as 17:00.


  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.