sicnot

Perfil

Desporto

FC Porto inicia operação Benfica escassas horas após "furacão" Bayern Munique

O FC Porto iniciou hoje, ainda sem Tello, a preparação do 'clássico' com o Benfica, da 30.ª jornada da I Liga de futebol, algumas horas após a eliminação da Liga dos Campeões frente ao Bayern Munique.

ANDREAS GEBERT

Algumas horas após a chegada ao Porto, provenientes da Alemanha, onde foram afastados pelo Bayern Munique com uma goleada de 6-1, os 'dragões' treinaram no Olival, numa sessão marcada pela ausência do espanhol Cristian Tello, assim como Ricardo Nunes e o avançado da equipa B Gonçalo Paciência, que tem vindo a treinar com o plantel principal.

O FC Porto informou que Tello realizou tratamento à rotura muscular na face posterior da coxa direita, enquanto Ricardo Nunes e Gonçalo foram convocados para o Fulham-FC Porto B, das meias-finais da Premier League International Cup, a realizar hoje em Inglaterra.

O plantel portita volta a treinar pelas 10:30 de quinta-feira, novamente no Olival, com uma sessão que terá os primeiros 15 minutos abertos aos órgãos de comunicação social.

O Benfrica, líder do campeonato, e o FC Porto, segundo classificado a três pontos, defrontam-se no domingo, a partir das 17:00, no Estádio da Luz, em jogo será dirigido pelo árbitro Jorge Sousa, do Porto.

Lusa
  • Mais cinco ilhas dos Açores sob aviso vermelho

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou esta quarta-feira para vermelho o aviso para as cinco ilhas do grupo central dos Açores, onde no Faial o vento atingiu os 150 quilómetros por hora.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.