sicnot

Perfil

Desporto

Real Madrid e Juventus abrem meias-finais da Liga dos Campeões

O Real Madrid, campeão em título, e a Juventus abrem hoje as meias-finais da Liga dos Campeões de futebol, naquele que será o 17.º confronto entre as duas equipas na mais importante prova de clubes europeia.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Reuters Staff / Reuters

Apesar de uma ligeira vantagem do Real Madrid, o confronto direto entre as duas equipas é extremamente equilibrado, com os 'merengues' a terem oito triunfos, um empate e sete derrotas, com 18 marcados e 16 sofridos.

Para a primeira mão das meias-finais, as duas equipas apresentam-se com algumas baixas, com o francês Pogba a ser a principal na Juventus e o seu compatriota Benzema e o croata Modric a desfalcarem o Real Madrid.

Com Cristiano Ronaldo, Pepe e Fábio Coentrão entre os convocados, o Real Madrid procura a segunda vitória em Turim na sua história, depois de em 1962 Di Stéfano ter dado o triunfo nos quartos de final aos 'blancos'.

A Juventus tenta regressar à final da Liga dos Campeões 12 anos depois da derrota com o AC Milan, tendo conquistado por duas vezes o título europeu, em 1984/85 e 1995/96.

O Real Madrid, 10 vezes campeão europeu, tenta acabar com a maldição dos campeões e revalidar o título, algo que nunca aconteceu desde a criação da 'Champions'.

Na primeira mão da outra meia-final, agendada para quarta-feira, o FC Barcelona recebe o Bayern Munique, responsável pela eliminação do FC Porto nos quartos de final.


Lusa
  • Militares da revolução denunciam corrupção nos órgãos de poder
    3:22

    País

    O presidente da Associação 25 de Abril acusa a classe política de não ter interesse em travar a corrupção em Portugal. Vasco Lourenço e Otelo Saraiva de Carvalho, dois dos militares da revolução, consideram que a corrupção está entranhada nos órgãos de poder e deve ser denunciada.

  • "Está prevista mais uma melhoria do rating para breve"
    2:46
  • Fábrica na Covilhã vai produzir para marcas de luxo
    1:47

    Economia

    A Covilhã foi a cidade portuguesa escolhida para a instalação de uma nova fábrica de produção de peças para marcas de luxo. O Grupo FM Industries Sycrilor vai reforçar o investimento na cidade e será responsável pelo polimento de metais para as marcas Louis Vuitton e Cartier.