sicnot

Perfil

Desporto

Messi e Neymar colocam Barcelona mais perto da final da Liga dos Campeões

Dois golos de Lionel Messi e um de Neymar deram hoje ao FC Barcelona um triunfo em casa sobre o Bayern Munique, por 3-0, na primeira mão das meias-finais da Liga dos Campeões de futebol.

© Reuters Staff / Reuters

O argentino bateu Neuer aos 77 e 80 minutos, passou a ser o melhor marcador de sempre da Liga dos Campeões, com 77 golos, mais um do que Cristiano Ronaldo, antes de Neymar fazer o 3-0, aos 90+4, e deixou a equipa espanhola mais perto da final, na busca do seu quinto título.

Depois do infeliz regresso do treinador Pep Guardiola a Barcelona, a equipa alemã tem de inverter o resultado na segunda mão, em Munique, na próxima terça-feira, para continuar a perseguir a sexta conquista da Taça dos Campeões.

Na primeira mão da outra meia-final, na terça-feira, os italianos da Juventus derrotaram em casa o Real Madrid, detentor do título, por 2-1.









Lusa
  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.