sicnot

Perfil

Desporto

Sevilha prossegue defesa do troféu na Liga Europa

O Sevilha prossegue a defesa do título na Liga Europa de futebol, ao defrontar na quinta-feira a Fiorentina, na primeira mão das meias-finais, em que Nápoles e o sensacional Dnipro também perseguem um lugar no jogo decisivo.

A equipa na qual alinham os portugueses Beto (na foto), Diogo Figueiras e Daniel Carriço procura reeditar a caminhada da época passada (Reuters/ Arquivo)

A equipa na qual alinham os portugueses Beto (na foto), Diogo Figueiras e Daniel Carriço procura reeditar a caminhada da época passada (Reuters/ Arquivo)

© Stefano Rellandini / Reuters

A equipa na qual alinham os portugueses Beto, Diogo Figueiras e Daniel Carriço procura reeditar a caminhada da época passada, na qual conquistou o troféu na final frente ao Benfica, no desempate por grandes penalidades (4-2), após um 'nulo' no fim do prolongamento.

O guarda-redes internacional português teve um papel fulcral, ao defender as grandes penalidades marcadas pelos benfiquistas Cardozo e Rodrigo, e Daniel Carriço também foi totalista naquele jogo, um dos 45 na Liga Europa, que fazem do defesa o jogador com mais jogos disputados na prova.

Depois de ter afastado nos 'quartos' o Zenit de São Petersburgo, treinado pelo português André Villas-Boas e no qual alinham ainda os lusos Danny e Beto, o Sevilha terá pela frente uma Fiorentina que, tal como a equipa espanhola, perdeu apenas um dos 12 jogos que realizou, tendo eliminado a Roma, entre outros, nos oitavos de final.

Na outra meia-final, o Nápoles, vencedor na ronda anterior do embate com o Wolfsburgo, 'carrasco' do Sporting nos 16 avos de final, vai defrontar o Dnipro, que naquela fase afastou o Olympiacos, treinado pelo português Vítor Pereira e recém-sagrado campeão grego.

O clube ucraniano, no qual alinha o avançado português Bruno Gama, assume-se como a grande surpresa da edição desta época, mas não terá vida fácil para atingir a sua primeira final europeia, frente a uma equipa que já venceu a prova em 1989, ainda sob a designação de Taça UEFA.

O Sevilha já ergueu o troféu por três vezes, em 2006, 2007 e 2014, assumindo-se com um dos recordistas, em igualdade com Juventus, Inter de Milão e Liverpool, enquanto a Fiorentina, cujo apuramento pode valer uma final 100% italiana, caso o Nápoles também se apure, ainda está em 'branco'.

Depois de o Nacional ter caído perante os bielorrussos do Dínamo Minsk nos 'play-offs', a participação portuguesa ficou reduzida ao Rio Ave e ao Estoril-Praia, ambos eliminados na fase de grupos, e ao Sporting, que transitou da Liga dos Campeões para ser afastado pelo Wolfsburgo.


Lusa
  • Turistas chegam a esperar 2 horas no controlo de passaporte do Aeroporto de Lisboa
    2:35

    País

    Chegar ao Aeroporto de Lisboa pode ser uma dor de cabeça para centenas de passageiros. A espera para o controlo de passaporte chegou a ultrapassar as duas horas nos meses de fevereiro e março. Manuela Niza, do Sindicato dos Funcionários do Serviços de Estrangeiros e Fronteiras, diz que têm sido contratados inspetores que depois são desviados para outros serviços.

  • Hasta pública de madeira ardida rendeu 2,85 milhões de euros

    País

    Mais de meia centena de lotes de madeira ardida proveniente de matas nacionais e perímetros florestais geridos pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) foram esta quinta-feira vendidos por 2,85 milhões de euros, numa hasta pública em Viseu.

  • "Dinheiro gasto em contentores dava para construir outro hospital" no Porto
    1:40

    País

    A bastonária dos Enfermeiros pede uma investigação aos contratos de contentores no Hospital de São João, no Porto. Ana Rita Cavaco diz que os "milhares de euros" já gastos na contratação e manutenção dos contentores da Pediatria e outros serviços do centro Hospitalar de São João davam para construir um novo hospital. E levanta ainda a suspeita sobre a empresa contratada.