sicnot

Perfil

Desporto

Jackson Martinez mantém FC Porto a três pontos do Benfica

GALERIA DE FOTOS

Dois golos de Jackson Martinez deram hoje a vitória ao FC Porto na receção ao 'aflito' Gil Vicente, por 2-0, em jogo da 32.ª jornada, e mantiveram os 'dragões' a três pontos do líder e campeão Benfica.

ESTELA SILVA

FERNANDO VELUDO/ LUSA

ESTELA SILVA

ESTELA SILVA

ESTELA SILVA

ESTELA SILVA

FERNANDO VELUDO

O avançado colombiano inaugurou o marcador aos 12 minutos, na sequência de uma grande penalidade desperdiçada por Ricardo Quaresma, e fixou o resultado aos 86, assegurando pelo menos o segundo lugar ao FC Porto, com 78 pontos, além de se ter isolado na liderança da lista de melhores marcadores, com 20 golos, mais dois do que o benfiquista Jonas.

Apesar da derrota, o Gil Vicente mantém-se na luta pela permanência no principal escalão do futebol nacional, ao ocupar o 17.º e penúltimo lugar da classificação, com 23 pontos, menos três do que o Vitória de Setúbal, 16.º, e menos cinco do que o Arouca, 15.º.


Lusa
  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.