sicnot

Perfil

Desporto

Juiz de Madrid leva presidente e ex-presidente do Barcelona a julgamento no caso Neymar

Um juiz do tribunal de Madrid decidiu esta quarta-feira levar a julgamento o Barcelona e o seu presidente, Josep Maria Bartomeu, no âmbito do 'caso Neymar', em relação a uma alegada fraude na transferência do futebolista.

A decisão foi tomada pelo juiz José de la Mata, que entendeu existir motivo para levar a tribunal Bartomeu, o seu antecessor Sandro Rosell e o clube, suspeitos de pagarem mais pela contratação do jogador do que aquilo que declararam ao fisco.

A decisão foi tomada pelo juiz José de la Mata, que entendeu existir motivo para levar a tribunal Bartomeu, o seu antecessor Sandro Rosell e o clube, suspeitos de pagarem mais pela contratação do jogador do que aquilo que declararam ao fisco.

© Reuters Staff / Reuters

A decisão foi tomada pelo juiz José de la Mata, que entendeu existir motivo para levar a tribunal Bartomeu, o seu antecessor Sandro Rosell e o clube, suspeitos de pagarem mais pela contratação do jogador do que aquilo que declararam ao fisco.

Estima-se que o clube catalão tenha defraudado o fisco em cerca de 13 milhões de euros.

A procuradoria pede dois anos e três meses de prisão para Josep Maria Bartomeu, por delito fiscal no exercício de 2014, e sete anos e seis meses para Rosell, por mais dois delitos fiscais em 2011 e 2013.

O Barcelona é acusado na soma dos delitos nos três anos e é exigido que o clube pague ao fisco espanhol 11,4 milhões de euros, em modo compensatório, de indemnização por responsabilidade civil.

É também pedido que os catalães paguem 22,2 milhões de euros de multa, e que Rosell pague 25,1 e Bartomeu 3,8 milhões de euros.

Por outro lado, também a autoridade tributária pede uma pena de dois anos e três meses de prisão para Bartomeu e de seis anos e nove meses para Rosell, por crimes fiscais na contratação do internacional brasileiro.
Lusa
  • Francês detido em Antuérpia "queria matar"

    Mundo

    O Presidente de França François Hollande afirmou que o francês detido esta quinta-feira por conduzir um automóvel a grande velocidade na principal rua pedonal de Antuérpia, na Bélgica, "queria matar" ou "provocar um acontecimento dramático".

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27
  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.