sicnot

Perfil

Desporto

FIA reintroduz reabastecimentos na Fórmula 1 a partir de 2017

A Federação Internacional do Automóvel (FIA) anunciou hoje a reintrodução de reabastecimentos nas corridas de Fórmula 1 a partir de 2017, tendo como principal objetivo melhorar o espetáculo das corridas da categoria rainha do automobilismo.

© Reuters Staff / Reuters

Numa declaração conjunta na sequência de uma reunião do Grupo Estratégico, em Londres, Jean Todt, presidente da FIA, e Bernie Ecclestone, 'patrão' da Fórmula 1, anunciaram que os reabastecimentos, não admitidos desde 2010, serão a principal novidade para a temporada de 2017, sendo que cada carro terá uma quantidade máxima de combustível para gerir.

Além dos reabastecimentos, em 2017 as equipas poderão também ter 'liberdade' para projetar carros mais leves e poderão ainda alterar especificidades aerodinâmicas. Com estas alterações, a FIA espera carros mais rápidos, com maior ruído e com um aspeto mais agressivo.

Segundo o mesmo comunicado, algumas alterações deverão ser introduzidas já a partir da próxima temporada, como é o caso da livre escolha de dois conjuntos de pneus para piso seco num lote de quatro.











Lusa
  • Rúben Lima nega crimes de corrupção no processo Cashball
    6:04

    Desporto

    Rúben Lima, um dos oito jogadores suspeitos de terem sido aliciados por intermediários ao serviço do Sporting para beneficiar o clube de Alvalade, nega todos os crimes investigados pela Polícia Judiciária. Numa entrevista exclusiva à SIC, o jogador do Moreirense garante que não conhece nenhum dos quatro arguidos detidos no âmbito do processo Cashball.

    Exclusivo SIC

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • 14 sacerdotes suspensos por abusos sexuais no Chile

    Mundo

    A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou na terça-feira a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. Todos eles pertenciam a um grupo de se autointitulou de "La Familia", segundo a investigação jornalística.