sicnot

Perfil

Desporto

Beira-Mar vence Leixões depois de ameaçar faltar por salários em atraso

O Beira-Mar venceu hoje o Leixões por 2-1, na 45.ª jornada da II Liga de futebol, depois de ameaçar faltar ao encontro por ter cinco meses de salários em atraso, apresentando-se apenas uma hora antes no estádio. 

beiramar.pt

beiramar.pt

Os aveirenses, que se apresentaram no Estádio do Mar, em Matosinhos, Porto, com apenas 14 atletas, inauguraram o marcador com um autogolo de Caio (25) e selaram o resultado final por Piffero (47), enquanto o Leixões reduziu por Gonçalo Graça (39). 

As equipas, que já garantiram a manutenção na II Liga, proporcionaram uma primeira parte de fraca intensidade, sem grandes motivos de interesse e oportunidades de golo.

Contudo, os comandados de Paulo Alves estavam ligeiramente melhores e chegaram ao golo por Caio, que marcou na própria baliza, aos 25 minutos, após um cruzamento de André Nogueira. 

O Leixões respondeu de forma positiva e Gonçalo Graça anulou a desvantagem de cabeça, depois de um cruzamento colocado de Caio. 

Dois minutos depois do regresso dos balneários, Piffero recolocou os 'aurinegros' na frente, colocando a bola ao primeiro poste de costas. 

Leonço poderia ter feito o empate aos 55 minutos, mas atirou ao lado, naquela que foi uma das melhores oportunidades para o Leixões. 

Até ao final do encontro, a partida manteve-se 'morna', mas Pedras, por quatro vezes, poderia ter invertido o resultado para a equipa da casa, mas não conseguiu concretizar. 

Manafá e Chaparro tiveram ainda a oportunidade de dilatar o resultado para os forasteiros, mas a bola saiu ao lado.

Com este resultado, o Leixões, que dispensou o treinador Horácio Gonçalves, soma o nono jogo sem vitórias, enquanto o Beira-Mar regressa às vitórias após três empates consecutivos. 



Jogo no Estádio do Mar, em Matosinhos.

Leixões -- Beira-Mar, 1-2. 

Ao intervalo: 1-1. 



Marcadores:

0-1, Caio, 25 minutos (própria baliza). 

1-1, Gonçalo Graça, 39. 

1-2, Piffero, 47. 



Equipas:

- Leixões: Ricardo Moura, Caio (Pedras, 65), Pedro Pinto, Zé Pedro, Pedro Tavares, Tiago Lenho, Moedas, Bruno Lamas (Cadinha, 46), Yuanyi Li (De Leonço, 46), Enoh e Gonçalo Graça. 

(Suplentes: Nuno Pereira, Pedras, Cadinha, De Leonço, Alabi, Rui Cardoso e Rui André).

Treinador: Manuel Oliveira.

- Beira-Mar: Rego, André Nogueira, Alan Henrique, Piffero, Vítor Vinha, Alexandre, Kingsley, Paulinho (Miguel, 90+2), Chaparro (Edivandio, 70), Manafá e Nadson (Edema, 85). 

(Suplentes: Edema, Miguel e Evandro).

Treinador: Paulo Alves. 



Árbitro: Sérgio Piscarreta (Algarve). 

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Moedas (60), Chaparro (60) e Kingsley (71). 

Assistência: cerca de 500 espetadores.





Lusa
  • Prisão preventiva para homicida de Barcelos
    1:43

    País

    O alegado homicida de Barcelos vai ficar em prisão preventiva, por quatro crimes de homicídio. Adelino Briote foi ouvido este sábado de manhã no Tribunal de Braga, depois de na sexta-feira ter alegadamente degolado quatro pessoas na freguesia de Tamel, em Barcelos.

  • Homem suspeito de matar a mulher em Esmoriz

    País

    Um homem é suspeito de ter esfaqueado este sábado mortalmente a mulher em Esmoriz, concelho de Ovar, num contexto de violência doméstica, disse à agência Lusa fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR).

  • Morte de portuguesa no Luxemburgo afinal não aconteceu

    País

    A morte de uma portuguesa em Bettembourg, no sul do Luxemburgo, não terá acontecido. O Jornal do Luxemburgo avançou, esta manhã, que a emigrante portuguesa tinha sido baleada mortamente pelo filho, uma informação entretanto desmentida por outro jornal online. Segundo o Bom Dia Luxemburgo, o que aconteceu foi afinal uma rusga policial.

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.