sicnot

Perfil

Desporto

Nápoles vence Cesena e coloca pressão sobre a Lazio

O Nápoles e a Fiorentina receberam e venceram hoje o Cesena e o Parma, por 3-0 e 3-2, respetivamente, nos dois jogos que fecharam a 36.ª jornada da Liga italiana de futebol.

Lusa

O Nápoles sentiu mais dificuldades para ultrapassar o Cesena, penúltimo da classificação, que abriu o marcador aos 15 minutos pelo médio francês Gregoire Defrel, mas permitiu à equipa napolitana virar o resultado no espaço de um minuto, aos 19 e 20, pelo internacional belga Dries Mertens e por Manolo Gabbiadini, respetivamente. 

No entanto, a equipa do Cesena não se conformou e conseguiu chegar ao 2-2 à beira do intervalo, aos 45+2. Na segunda parte, o Nápoles assegurou o triunfo graças a um golo de Dries Mertens aos 57 minutos.

Menos dificuldades teve a Fiorentina para se desembaraçar do já despromovido Parma, último classificado com 17 pontos, um jogo cujo desfecho se começou a definir logo aos 13 minutos, quando o defesa central argentino Gonzalo Rodríguez abriu o marcador, ampliado à passagem da meia hora com o segundo golo, por Alberto Gilardino. 

Na segunda parte, o internacional egípcio Salah, emprestado pelo Chelsea, fechou a contagem ao marcar o terceiro golo, aos 56 minutos. 

O Nápoles reforçou assim o quarto lugar, com 63 pontos, mais cinco do que o quinto, precisamente a Fiorentina, mas ainda aspira a chegar ao terceiro lugar ocupado pela Lazio, com 66 pontos, lugar que dá acesso à pré-eliminatória da Liga dos Campeões, quando faltam duas jornadas para o final do campeonato.

Por seu lado, a Fiorentina recuperou o quinto lugar que dá acesso à Liga Europa, mas tem o Génova a escassos dois pontos a pressionar.

De registar na próxima jornada, a 37.ª, que os quatro primeiros se defrontam, a Juventus, que renovou o título, recebe o Nápoles, enquanto os dois rivais da capital, Lazio e AS Roma, terceiro e segundo classificados, respetivamente, também medem forças no estádio Olímpico de Roma.






Lusa
  • A estreia de Centeno como líder do Eurogrupo
    1:56
  • Puigdemont chegou à Dinamarca e não foi detido

    Mundo

    A Justiça espanhola pediu à Dinamarca para ativar a ordem de detenção europeia contra Carles Puigdemont, que ignorou as ameaças de detenção e decidiu deslocar-se a Copenhaga para participar numa conferência. Entretanto na Catalunha, o presidente do parlamento propôs Puigdemont para voltar a dirigir o Governo Regional.

  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

    Luís Marques Mendes

  • O caso Assange é "um problema" para o Equador

    Mundo

    O Presidente equatoriano, Lenin Moreno, declarou no domingo que o asilo atribuído ao fundador do WikiLeaks, Julian Assange, pela embaixada do Equador em Londres desde 2012 é "um problema herdado" que constitui "mais que um aborrecimento".