sicnot

Perfil

Desporto

Portugal tem 11 atletas qualificados para o Rio2016

Com o recorde nacional do lançamento do peso, hoje obtido em Lisboa por Tsanko Arnaudov, com um lançamento de 21,06 metros, o atletismo português passa a ter 11 atletas já qualificados para os Jogos Olímpicos do Rio2016.

Nelson Évora é um dos 11 atletas portugueses já qualificados para o Rio2016 (Reuters/ Arquivo)

Nelson Évora é um dos 11 atletas portugueses já qualificados para o Rio2016 (Reuters/ Arquivo)

© Phil Noble / Reuters

Portugal tem neste momento 15 atletas já com mínimos, só que quatro deles (uma nos 20 km marcha e três na maratona, no setor feminino) estão 'tapados' por outros, com melhor marca, já que existe um máximo de três vagas por país, por prova.

O período de obtenção de marcas para os Jogos do Rio de Janeiro começou a 01 de maio, para a generalidade das provas - a exceção são os 10.000 metros, maratona, provas de marcha, combinadas e estafetas, em que valem resultados desde 01 de janeiro deste ano.


Atletas portugueses já com mínimos para os Jogos Olímpicos:

- Masculinos:

Triplo Salto - Nelson Évora (17,12 metros).

Peso - Tsanko Arnaudov (21,06 metros).

20 km marcha - Sérgio Vieira (1:23.24 horas).

Maratona - Rui Pedro Silva (2:14.21 horas).

Mararona - Hermano Ferreira (2:15.53 horas).

- Femininos:

10.000 metros - Sara Moreira (31.12,93 minutos).

10.000 metros - Dulce Félix (31.34,17 minutos).

Maratona - Sara Moreira (2:24.49 horas).

Maratona - Dulce Félix (2:25.15 horas).

Maratona - Filomena Costa (2:28.00 horas).

 (Mónica Silva, com 2:34.02, Vera Nunes, com 2:38.33, e Luísa Oliveira, com 2:39.40, estão 'tapadas').

20 km marcha - Ana Cabecinha (1:28.28 horas).

20 km marcha - Inês Henriques (1:29.52 horas).

20 km marcha - Vera Santos (1:30.23 horas).

 (Susana Feitor, com 1:31.58, está 'tapada').




Lusa
  • Sismo de 3,1 com epicentro a 8 km de Almodôvar

    País

    Um sismo de magnitude 3,1 na escala de Richter com epicentro a cerca de oito quilómetros a nordeste de Almodôvar, distrito de Beja, foi hoje sentido no continente, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

  • ADSE quer poupar 29 milhões com nova tabela de preços
    2:50

    Economia

    A nova tabela de preços - que a ADSE quer que entre em vigor a 1 de março - pretende poupar 29 milhões de euros, nos cuidados de saúde prestados fora das unidades públicas aos funcionários do Estado. Os hospitais privados consideram a proposta irreal e ameaçam pôr fim aos acordos com a ADSE.

  • Paris afetada por praga de ratos
    1:03