sicnot

Perfil

Desporto

Época 2015/16 arranca a 9 de agosto, I Liga uma semana depois e fecha a 15 de maio

A época futebolística de 2015/16 inicia-se a 9 de agosto com a Supertaça, uma semana antes do início da I Liga, que termina a 15 de maio, seguindo-se, no domingo seguinte, a final da Taça.

A 5 de fevereiro, o SEF tinha identificado 250 cidadãos estrangeiros, dos quais 157 estavam em situação irregular. (Arquivo)

A 5 de fevereiro, o SEF tinha identificado 250 cidadãos estrangeiros, dos quais 157 estavam em situação irregular. (Arquivo)

© Valentin Flauraud / Reuters

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) divulgou hoje o calendário oficial, que, como tradicionalmente, se vai iniciar com a disputa da Supertaça Cândido de Oliveira, prova que opõe o campeão nacional, Benfica, ao vencedor da Taça de Portugal, Sporting ou Sporting de Braga, a 9 de agosto.

Nesse mesmo fim de semana começa também a II Liga, cujo início precede em uma semana a I Liga, apesar de partilhar a data de fim, a 15 de maio, sem que, no caso do segundo escalão, tenha sido divulgado o número final de jornadas.

A final da 76.ª edição da Taça de Portugal está agendada para 22 de maio, 18 dias antes do início da fase final do Campeonato da Europa, que vai ser disputado em França.

Ainda de acordo com o mesmo comunicado da FPF, a primeira fase do Campeonato Nacional de Seniores (CNS) vai decorrer entre 23 de agosto e 24 de dezembro e a segunda entre 14 de janeiro e 15 de maio, estando ainda os jogos do 'play-off' e final agendados para 29 de maio e 4 de junho e 5 de junho, respetivamente.

A época do futebol feminino arranca a 30 de agosto com a primeira edição da Supertaça e termina a 19 de junho, com o fim do campeonato, depois da final da Taça, prevista para 28 de maio.

No futsal, também a Supertaça marca o início da temporada, a 30 de agosto, o campeonato vai decorrer entre 5 de setembro e 25 de junho e a fase final da Taça de Portugal entre 6 e 8 de maio.

Lusa
  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.