sicnot

Perfil

Desporto

Salvio deixa de ser hipótese para transferência

A venda do futebolista Salvio no final da época deixou de ser expetável, após a recente lesão do extremo argentino, disse hoje em Lisboa Domingos Soares Oliveira, administrador executivo da SAD do Benfica.

© Rafael Marchante / Reuters

Falando após uma homenagem da Euronext ao Benfica, Soares Oliveira foi perentório em afastar o quadro previsível da transferência do argentino: "é um ativo que não é expetável que venha a ser transacionado".

O internacional argentino sofreu na última jornada da Liga uma rotura de ligamentos do joelho direito e o departamento médico do clube admite que tenha de ser operado. Certo é que, pelo menos, ficará afastado dos relvados por vários meses.

Salvio era apontado, a par do seu compatriota Gaitán, como provável transferência para o futebol inglês, já no final da época.

Domingos Soares Oliveira adiantou ainda que, de qualquer formal, haverá vendas de jogadores influentes. "Durante o verão deverá ser feito um encaixe relevante", garantiu o administrador.

"Isso vai depender das oportunidades. Ainda não terminámos a época e temos um jogo importante, pelo que não se prevê mais anúncios até sexta-feira, além do que já foi feito ontem (segunda-feira) com João Cancelo", disse ainda.






Lusa
  • Espanha e Portugal a um ponto dos oitavos

    Mundial 2018 / Irão

    A Espanha colocou-se esta quarta-feira a um ponto dos oitavos de final do Mundial 2018 e deixou Portugal em situação idêntica, ao vencer o Irão por 1-0, em jogo do grupo B, disputado em Kazan.

  • Os momentos que marcaram o 7.º dia de Mundial
    1:08
  • "Ronaldos nascem na Rússia como cogumelos"
    1:49
  • Os momentos descontraídos dos jogadores
    1:54
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O humor russo
    1:32
  • Schulz responde a Trump: "é um especialista em estatísticas criminais"

    Mundo

    "Donald Trump é um especialista em estatísticas criminais: pagamentos a estrelas porno, contactos ilegais com russos e diretores de campanha presos". Foi assim que o deputado alemão Martin Schulz respondeu ao Presidente norte-americano, depois de este ter afirmado várias vezes que a criminalidade na Alemanha aumentou devido à imigração.

    SIC

  • "Vou pedir a alguém que dê esta notícia por mim". Jornalista emociona-se com o caso dos bebés mexicanos separados das famílias
    0:49