sicnot

Perfil

Desporto

Salvio deixa de ser hipótese para transferência

A venda do futebolista Salvio no final da época deixou de ser expetável, após a recente lesão do extremo argentino, disse hoje em Lisboa Domingos Soares Oliveira, administrador executivo da SAD do Benfica.

© Rafael Marchante / Reuters

Falando após uma homenagem da Euronext ao Benfica, Soares Oliveira foi perentório em afastar o quadro previsível da transferência do argentino: "é um ativo que não é expetável que venha a ser transacionado".

O internacional argentino sofreu na última jornada da Liga uma rotura de ligamentos do joelho direito e o departamento médico do clube admite que tenha de ser operado. Certo é que, pelo menos, ficará afastado dos relvados por vários meses.

Salvio era apontado, a par do seu compatriota Gaitán, como provável transferência para o futebol inglês, já no final da época.

Domingos Soares Oliveira adiantou ainda que, de qualquer formal, haverá vendas de jogadores influentes. "Durante o verão deverá ser feito um encaixe relevante", garantiu o administrador.

"Isso vai depender das oportunidades. Ainda não terminámos a época e temos um jogo importante, pelo que não se prevê mais anúncios até sexta-feira, além do que já foi feito ontem (segunda-feira) com João Cancelo", disse ainda.






Lusa
  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.